Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2868
Título: Síntese de um potencial inibidor da B-secretase e sua interação com o enzima
Autor: Pereira, Rita Alexandra Gonçalves
Orientador: Ismael, Maria Isabel Guerreiro da Costa
Rauter, Amélia Pilar Grases Santos Silva
Palavras-chave: Beta-secretase
Doença de Alzheimer
Data de Defesa: 2012
Resumo: A doença de Alzheimer é a doença neurodegenerativa mais comum durante o envelhecimento, sendo uma das maiores preocupações de saúde pública e uma prioridade para investigação, uma vez que, os tratamentos aprovados apenas atenuam os sintomas da doença, sendo incapazes de parar a progressão da doença. Deste modo, existe um grande interesse no desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas que visem os mecanismos moleculares que estão na origem da doença, de forma a atrasar ou mesmo parar a progressão da doença. De acordo com a hipótese dominante no campo de investigação da doença de Alzheimer, a hipótese da cascata amilóide, preconiza que a acumulação de elevados níveis do péptido β-amilóide no cérebro é responsável por desencadear uma sequência de eventos que acabam por conduzir à morte neuronal e consequentemente à demência, por isso, atualmente a maioria dos ensaios clínicos são desenhados tendo em como alvo terapêutico o péptido β-amilóide, ou seja, um dos maiores alvos terapêuticos nesta área é a β-secretase envolvida no processamento da proteína precursora amilóide e consequente formação do péptido β-amilóide. Este trabalho teve como objetivo sintetizar compostos derivados de açúcares com potencial aplicação terapêutica na doença de Alzheimer, mais precisamente, como potenciais inibidores da β-secretase, uma vez que é um alvo bastante interessante por poder ser inibida por compostos de baixa massa molecular. No que diz respeito ao primeiro objetivo, foi sintetizada a lactona 2,3,5,6-tetra-O-benzil-D-glucono-1,4-lactona (7), precursora da molécula-alvo, com um rendimento de 81%. Seguidamente sintetizou-se o produto N-benzil-2,3,5,6-tetra-O-benzil-D-gluconamida (8) com 55 % de rendimento. Outra das moléculas-alvo a sintetizar era o ácido 3-(2,3,5,6-tetra-O-benzil-D-gluconamido) propano-1-sulfónico (10b), no entanto pela caracterização espetroscópica de Ressonância Magnética Nuclear pode-se constatar que não se conseguiu obter este produto pretendido. A elucidação da sua estrutura requer a utilização de outros métodos complementares, nomeadamente a espetroscopia de massa. Os estudos computacionais de Docking para avaliar a interação dos compostos pretendidos com a β-secretase de modo a confirmar se tais produtos poderiam ser potenciais inibidores deste enzima, estão a ser realizados com os produtos N-benzil-2,3,5,6-tetra-O-benzil-D-gluconamida e com o ácido 3-(2,3,5,6-tetra-O-benzil-D-gluconamido) propano-1-sulfónico. Porém estes estudos de Docking ainda estão a decorrer, não tendo ainda resultados para apresentar nesta dissertação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2868
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Bioquímica
Aparece nas colecções:FC - DQ | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Final Rita Pereira.pdf2,26 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.