Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2908
Título: As unidades de cuidados continuados como redes inter-organizacionais: factores facilitadores e obstáculos
Autor: Duarte, Pedro Ferreira
Orientador: Franco, Mário José Batista
Palavras-chave: Serviço Nacional de Saúde
Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados
Data de Defesa: 2010
Resumo: O paradigma de funcionamento em rede inter-organizacional alicerçado na nova e emergente rede de cuidados continuados incorpora um conceito marcadamente inovador e ainda pouco estudado, daí a importância premente desta investigação. A questão de investigação primária que está na base deste trabalho é o conhecimento e a compreensão das unidades de cuidados continuados como redes inter-organizacionais, aprofundando especialmente os factores facilitadores e obstáculos caracterizadores desse funcionamento. Assim, delimitou-se a área de investigação ao Distrito de Castelo Branco e procedeu-se à realização de um estudo de carácter qualitativo na vertente fenomenológica abordado às três entidades prestadoras de cuidados continuados deste distrito, pela voz de três representantes de cada uma delas. A informação foi obtida através de entrevistas semiestruturadas. Desta forma, baseado num modelo de análise interpretativa de informação, definiram-se as seguintes unidades de significado: definição de rede inter-organizacional; definição da rede de cuidados continuados integrados; utilidade; desenvolvimento do funcionamento inter-organizacional; expectativas futuras;comunicação, cooperação e coordenação na rede; factores facilitadores do funcionamento inter- organizacional; organigrama; circuitos e ligações entre os elos da rede; processo de referenciação; definição do papel da entidade coordenadora local; angústias e obstáculos ao funcionamento em rede. As principais inferências e conclusões do estudo insurgiram-se na importância que os cuidados continuados assumem no sector da saúde e apoio social que, de acordo com os participantes, vieram colmatar uma necessidade emergente nos sectores assinalados. Os principais focos a desenvolver na rede de cuidados continuados em maturação, são a falta de formação específica dos profissionais e a ligação problemática ao sector Hospitalar. Finalmente, algumas limitações e sugestões para investigações futuras nesta área do conhecimento são também apresentadas.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2908
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Gestão de Unidades de Saúde
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_de_Mestrado Pedro_Duarte.pdf3,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.