Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2918
Título: A perceção da marca no terceiro setor e a sua influência na intenção de doar
Autor: Rodrigues, Luís Filipe de Ascensão
Orientador: Paço, Arminda Maria Finisterra do
Palavras-chave: Terceiro sector - Marca
Personalidade da marca
Data de Defesa: 2012
Resumo: O Terceiro Setor desempenha um papel preponderante na prestação de serviços vitais à sociedade. No entanto, nas últimas décadas o crescimento do número de organizações não lucrativas, associado à diminuição das ajudas estatais e empresariais, tem colocado um enorme desafio à gestão das ONG (Organizações Não Governamentais). Confrontadas com este facto, muitas organizações do Terceiro Setor estão a adotar as técnicas de gestão do setor empresarial lucrativo, introduzindo, nomeadamente, ferramentas de marketing. Por exemplo, a criação de uma marca tem sido apontada como um fator diferenciador, para as ONG, na hora de competirem pela angariação de fundos financeiros privados e estatais, assim como aquando da angariação de voluntários. O objetivo deste estudo é verificar se a imagem da marca que cada indivíduo associa a uma determinada ONG tem influência na angariação de recursos quer financeiros, quer em forma de horas de trabalho não remunerado (voluntariado). Nesse sentido foi aplicado um questionário a uma amostra de 654 indivíduos. Os resultados obtidos mostram que algumas das dimensões da imagem da marca (utilidade e afeto) contribuem para a intenção de ajudar financeiramente as ONG. No que diz respeito à intenção de doar tempo, apenas a dimensão eficiência é significativa na variabilidade dessa intenção. No que respeita à influência da consciência da marca na intenção de doação, conclui-se que a familiaridade com a marca contribui positivamente para a intenção de doar dinheiro, quer para a intenção de doar tempo. Contudo, nos quatro modelos testados para predizer a intenção de doação, as variáveis preditoras utilizadas explicam apenas uma parte muito reduzida da intenção de doar, o que sugere que existem outros fatores, que não foram testados, que também poderão contribuir para a variabilidade desse comportamento.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2918
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Gestão
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação (Luís Rodrigues) - versão final.pdf2,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.