Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2943
Título: Educação para o empreendedorismo: intenções empreendedoras dos estudantes do ensino secundário
Autor: Rocha, Andreia
Orientador: Madeira, Maria José Aguilar
Palavras-chave: Empreendedorismo - Perfil empreendedor
Empreendedorismo - Educação
Data de Defesa: 2012
Resumo: Face à importância que o espírito empreendedor tem na sociedade, torna-se importante desenvolver atividades que promovam esse mesmo espírito junto dos jovens de hoje. Desta maneira, a educação para o empreendedorismo têm-se tornado num tema oportuno e atual. Neste momento, ainda nem tudo o que devia ser feito nas escolas portuguesas, de forma a promover o empreendedorismo junto dos estudantes, é feito, no entanto, muitos desenvolvimentos têm-se dado nesta área, dado o número elevado de programas de atividades direcionados para o empreendedorismo, desenvolvidos por diversas entidades privadas. Assim, torna-se fundamental analisar qual o efeito que estas atividades têm no desenvolvimento de um perfil empreendedor dos estudantes. O objetivo da presente investigação consiste em analisar qual o efeito que as atividades de empreendedorismo, em âmbito escolar, têm no desenvolvimento de um perfil empreendedor dos estudantes e saber se estas mesmas atividades influenciavam as suas intenções empreendedoras futuras. Desta forma, desenvolveu-se um suporte teórico sobre a temática do empreendedorismo e da educação para o empreendedorismo e, procurou-se corroborar com um suporte empírico, que consistiu na implementação de um programa de “Empreendedorismo na Escola”, para estudantes do ensino secundário. Para testar empiricamente as hipóteses formuladas recorreu-se ao uso de dados primários, através da elaboração de um questionário de forma a se estudar as intenções empreendedoras dos estudantes do ensino secundário. Este questionário foi realizado em dois momentos diferentes: o primeiro antes do início das atividades, de forma a se avaliar o posicionamento inicial dos estudantes, assim como, os seus objetivos e desejos e, o segundo momento correspondeu com o final das atividades onde se procurou analisar que variáveis influenciam o perfil empreendedor e as intenções empreendedoras dos estudantes. Aplicados os métodos de análise fatorial e o modelo de regressão logística, concluiu-se que, nesta investigação, variáveis como o incentivo dado pelos agentes escolares, a participação em atividades extracurriculares, e o desejo de prosseguir estudos influenciam as intenções empreendedoras dos estudantes. Quanto ao perfil empreendedor dos estudantes, concluiu-se que os estudantes que têm uma maior capacidade de criação e concretização de projetos empreendedores e, vontade de vencer, têm uma maior propensão para criarem o próprio negócio. Esta investigação foi construída em quatro capítulos principais, o primeiro é a construção teórica do tema do empreendedorismo e da educação para o empreendedorismo. No segundo capítulo, está descrita toda a metodologia aplicada (desde a descrição do questionário aplicado até à identificação das hipóteses de investigação); o terceiro capítulo corresponde á apresentação e análise de dados resultantes do modelo de regressão logística construído e, finalmente, são apresentadas as considerações finais das questões mais relevantes discutidas ao longo desta investigação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/2943
Designação: Dissertação apresentada á Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Empreenedorismo e criação de empresas
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Andreia Rocha.pdf1,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.