Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3000
Título: A internacionalização das empresas do sector do mobiliário em Portugal: análise empírica ao processo de vendas internacionais
Autor: Macedo, Patrícia Fernandes
Orientador: Raposo, Mário Lino Barata
Palavras-chave: Internacionalizações - Empresas
Cluster do Mobiliário - Portugal
Data de Defesa: 2012
Resumo: Esta investigação analisa o processo de vendas internacionais das empresas do sector do mobiliário em Portugal e verifica quais os factores internos (referentes à empresa) e externos(referentes ao meio envolvente) que influenciam a selecção das modalidades de entrada nos mercados internacionais. Para compreender e conhecer o processo de vendas e a consequente selecção das modalidades de entrada é essencial que se consigam identificar as principais barreiras à entrada nos mercados internacionais, bem como os principais motivos reactivos e proactivos para a internacionalização das empresas do mobiliário, além de ser necessário conhecer como as empresas do sector configuram a sua estratégia de internacionalização para alcançar os mercados. Através da realização de um inquérito por questionário a 92 empresas do sector, foi possível identificar as principais barreiras à internacionalização, tanto para as empresas que se internacionalizam, como para as que não se internacionalizam. Concluiu-se que as empresas do sector do mobiliário reagem reactivamente à internacionalização e que as estratégias genéricas de Porter (1980), em especial a estratégia de diferenciação nas vertentes de produto, inovação e marketing, servem de base à definição da estratégia de actuação internacional destas empresas. Verificou-se também que a modalidade de entrada mais frequente neste sector continua a ser a exportação directa, em parte motivada pela dimensão reduzida das empresas e dos seus recursos (humanos e financeiros), e por um envolvimento internacional médio, além de que estas empresas procuram mercados de menor distância psíquica, com boas infraestruturas, condições de crescimento e condições políticas e económicas estáveis, que lhes permitam um retorno rápido do investimento. Esta investigação é original na medida em que sobre o sector do mobiliário Português não existem estudos desta natureza, pelo que se poderá definir, com base neste estudo, um modelo de actuação internacional tanto para as empresas, como para as entidades envolvidas (Governo, Associaes…), com o objectivo ltimo de reduzir a dependência do mercado interno, incrementar as exportações e o consequente envolvimento externo do sector. Este estudo apresenta por isso implicações práticas para o Governo e empresas, assim como permite futuras linhas de investigação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3000
Designação: Dissertação apresentada á Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Marketing
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Patrícia Macedo.pdf844,85 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.