Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3013
Título: Decisões da estrutura de capitais das PME da Beira Interior: teoria do Trade-off versus teoria da Pecking Order
Autor: Caetano, Ana Carina Correia
Orientador: Serrasqueiro, Zélia
Palavras-chave: PME -- Trade-off
PME -- Financiamento
Data de Defesa: 2011
Resumo: O artigo seminal de Modigliani e Miller (MM) (1958) referente à irrelevância da estrutura de capital originou o surgimento de diversos modelos teóricos, nomeadamente a teoria do tradeoff da pecking order. Assim, o presente estudo tem como principal objectivo analisar as decisões da estrutura de capital das PME (Pequenas e Médias Empresas) da Beira Interior à luz da teoria do trade-off e da pecking order. Para se dar resposta a este objectivo, foi utilizada como metodologia de investigação os modelos de dados em painel estáticos e dinâmicos, recorrendo a uma amostra de 53 PME da Beira Interior não financeiras, para um período de análise entre 1998 e 2005. Na análise dos determinantes das decisões de estrutura de capital utilizámos como variáveis explicativas a taxa de imposto efectiva, os outros benefícios fiscais para além da dívida, as oportunidades de crescimento, a tangibilidade dos activos, a rendibilidade, a dimensão, a idade e o risco das PME da Beira Interior. Os resultados obtidos indicam que as decisões de estrutura de capital nas PME da Beira Interior seguem os pressupostos da teoria da pecking order, mas podem também seguir os pressupostos da teoria do trade-off. Se, por um lado, os resultados obtidos reflectem a existência de uma relação significativa entre o endividamento das empresas e as variáveis rendibilidade, dimensão e idade. Por outro lado, os resultados obtidos também evidenciam a existência de um ajustamento do nível de endividamento real das PME da Beira Interior face ao seu nível de endividamento óptimo. Podemos assim concluir que as PME da Beira Interior tendem a seguir a teoria da pecking order na tomada de decisões de estrutura de capital. No entanto, a longo prazo elas tendem a caminhar na direcção de um nível de endividamento óptimo seguindo a teoria do trade-off. Este facto sugere que a teoria da pecking order e do trade-off não são mutuamente exclusivas no seio das PME da Beira Interior.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3013
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Gestão
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Decisões de Estrutura de Capital das PME da Beira Interior_Teoria do trade-off versus teoria da p.pdf476,24 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.