Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3043
Título: Importância dos serviços de saúde na articulação com a família e escola da criança-adolescente com doença crónica
Autor: Ferreira, Patrícia
Orientador: Almeida, Anabela Antunes de
Palavras-chave: Serviço de saúde - Criança
Doença crónica - Escola
Data de Defesa: 2012
Resumo: A doença crónica é uma doença de longa duração com aspectos multidimensionais e complexos que afecta o contexto da vida familiar, escolar e laboral. A Família, a Escola e os Serviços de Saúde têm um papel relevante em todo o processo de desenvolvimento e aprendizagem das crianças/adolescentes com doença crónica, permitindo-lhes uma melhor integração na sociedade. Pensa-se que esta articulação contribui de forma importante para a obtenção de ganhos em saúde (melhor integração no ambiente escolar, melhor desempenho escolar, redução do número de faltas à escola, diminuição do número de dias de internamento, diminuição dos episódios de recurso à urgência, redução do número de dias de falta ao trabalho por parte dos pais…). Como objectivos desta investigação destacam-se: descrever as necessidades das crianças/adolescentes com doença crónica na escola; reconhecer quais as dificuldades dos professores em lidar com alunos portadores de doença crónica; e reflectir sobre a importância atribuída, pela família e professores, à articulação dos Serviços de Saúde - Escola – Família. Os informantes-chave deste estudo foram os professores e a família das crianças/adolescentes portadores de doença crónica, com idades compreendidas entre os 6 e os 16 anos de idade. A amostra foi construída por 26 famílias e 38 professores. O estudo caracteriza-se por ser descritivo de carácter exploratório do tipo estudo de caso, de abordagem qualitativa e quantitativa. O instrumento de colheita de dados foi um questionário misto. Foi possível constatar que são inúmeras e específicas as necessidades das crianças/adolescentes portadores de doença crónica em ambiente escolar e também é indubitável a opinião dos pais e professores quanto à necessidade de articulação com os serviços de saúde para que se possa estabelecer um plano conjunto de intervenção individualizada, que responda eficazmente às especificidades de cada criança/adolescente e sua família.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3043
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Gestão de Unidades de Saúde
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese MGUS[1].pdf1,67 MBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo I[1].JPG867,46 kBJPEGThumbnail
Ver/Abrir
Anexo II a[1].JPG913,91 kBJPEGThumbnail
Ver/Abrir
Anexo II b[1].JPG861,37 kBJPEGThumbnail
Ver/Abrir
Anexo II c[1].JPG824,16 kBJPEGThumbnail
Ver/Abrir
Anexo III[1].pdf125,96 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo IV[1].pdf284,1 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo V[1].pdf162,17 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo VI[1].pdf77,43 kBAdobe PDFVer/Abrir
Anexo VII[1].pdf77,92 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.