Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3046
Título: Formação e fatores influeciadores no desenvolvimento de alianças no setor do turismo: uma análise qualitativa
Autor: Pereira, Carla Augusta Proença
Orientador: Franco, Mário
Palavras-chave: Turismo - Aspectos económicos
Turismo - Compatibilidades
Data de Defesa: 2012
Resumo: As alianças têm desempenhado um papel cada vez mais importante no contexto dos negócios e devido, às contínuas mudanças económicas, politicas e sociais dos últimos tempos, as alianças no sector do turismo têm também vindo a desenvolver-se. Neste sentido, este estudo teve como propósito divulgar o conhecimento sobre as alianças entre empresas de serviços, particularmente, do setor do turismo e dar um contributo sobre o desenvolvimento no processo de cooperação entre os vários atores. Mais concretamente, esta investigação auferiu se as empresas do turismo estabelecem alianças e identificou os fatores influenciadores para a formação e o desenvolvimento deste tipo de parcerias. Para atingir estes objetivos, adotou-se uma abordagem de investigação qualitativa, onde se analisaram quatro estudos de caso (empresas): Turistrela, SA, H2Otel, Pousada de Manteigas e Convento de Belmonte. Como instrumentos de recolha de dados adotou-se a entrevista e análise documental, bem como a técnica de Análise de Conteúdo para o seu tratamento. Com base nas evidências empíricas obtidas, concluiu-se que as alianças são uma boa alternativa para as empresas do turismo fazerem frente à concorrência e atingir vários objetivos que, isoladamente se tornariam inviáveis, ou difíceis de serem alcançados. Porém, é necessário um planeamento no processo de formação de alianças, para se enfrentar algumas barreiras, minimizar algumas dificuldades e usufruir dos benefícios de forma mais eficaz. As quatro empresas estudadas mostram ainda que ao formarem alianças, conseguem aumentar as suas receitas, diluir os seus custos e esta forma de cooperação permite ainda compartilhar conhecimentos e “know-how”, criando sinergias para enfrentar o mercado global com maior confiança. Face aos resultados obtidos, concluiu-se também que fatores como a confiança, o envolvimento do maior número de stakeholders e recursos na tomada de decisão, bem como a inovação e a tecnologia podem conduzir a resultados mais satisfatórios e, consequentemente, a alianças mais duradouras com maior fidelização com o cliente. Algumas recomendações para os atores envolvidos no sector do turismo, limitações e sugestões para futuras investigações nesta área são também apresentadas.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3046
Designação: Dissertação apresentada á Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Gestão
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação Carla Pereira.pdf838,57 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.