Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3052
Título: Como surgem e se desenvolvem unidades TER e percepção do seu impacto no território: estudos de caso em Janeiro de Cima e Escalos de Baixo
Autor: Pina, Silvia Fernandes
Orientador: Dinis, Anabela
Palavras-chave: Turismo em espaço rural (TER)
Turismo rural - Empreendedorismo
Data de Defesa: 2012
Resumo: As tendências no mercado apontam para um futuro promissor do turismo em espaço rural, visto que assentam num mercado com interesse no genuíno e na natureza, procurando sempre manter os costumes e valores de muitos anos, sensível ao ambiente e recuperação/conservação do património, crescendo a procura por este locais com espaços multifacetados. Porém, um elemento importante para a sua sustentabilidade é o envolvimento da comunidade. Perante este contexto, é importante conhecer em que circunstâncias surgem e se desenvolvem este tipo de turismo e em particular os projectos empreendedores que consubstanciam esta oferta. Assim, a presente investigação tem como objectivo compreender como se desenvolvem e criam unidades TER (Turismo em Espaço Rural) no interior do País e quais as atitudes e percepções da comunidade face às mesmas. Para tal, foi feita uma revisão de literatura da temática, de forma a explicar os vários conceitos relacionados com o Turismo em Espaço Rural bem como factores que influenciam o seu crescimento, desenvolvendo assim um suporte teórico para a realização da análise empírica. A análise empírica consistiu numa abordagem qualitativa utilizado o método do Estudo de Caso, no qual foram escolhidas duas unidades TER sediadas no interior do País e concretizadas entrevista aos seus empreendedores com o objectivo de compreender como surgiu/desenvolveu a sua unidade TER. Por outro lado, e para tentar compreender as atitudes e percepções da comunidade de cada uma das regiões das unidades escolhidas para a investigação, foi utilizada uma abordagem quantitativa através da realização de inquéritos por questionário aos residentes, neste caso o tratamento dos dados teve por base uma análise descritiva (média e desvio padrão) realizada através do Excel. Os resultados obtidos validam o modelo de investigação estabelecido a partir da revisão da literatura, confirmando as características e motivos dos empreendedores, o capital rural, a inovação e as políticas públicas como importantes factores que influenciam a emergência e desenvolvimento das TER. Constataram-se também importantes diferenças entre as unidades TER, particularmente ao nível da motivação dos empreendedores, da utilização e promoção do capital rural, do tipo de inovação e do benefício das políticas públicas. Por outro lado, concluiu-se que, em geral, os residentes consideram que a actividade de turismo rural desenvolvida na sua comunidade traz benefícios, mas também que o grau de satisfação da comunidade se relaciona com o grau de envolvimento da TER com a comunidade local.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3052
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Empreendedorismo e Criação de Empresas
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação turismo rural final 2(1).pdf1,21 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.