Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3137
Título: A persistência do tipo : seguindo as pegadas dos planos e dos regulamentos urbanos nas formas das casas de Coimbra
Autor: Martins, Afonso Nuno Henrique
Orientador: Fernandes, Miguel Santiago
Palavras-chave: Arquitectura - Prática urbanística
Arquitectura - Prática arquitectónica
Imagem urbana - Património edificado
Imagem urbana - Tipologia arquitectónica
Edificação urbana - Legislação
Coimbra - Arquitectura da cidade - Estudo de caso
Data de Defesa: 2013
Resumo: A tese foca a interdependência entre bairros tradicionais, tipos edificatórios e imagem da cidade, bem como a interacção entre regulamentos de construção e formas das casas. Para estudar o modo como alguns elementos da arquitectura da cidade, físicos e abstractos, e os instrumentos de ordenamento e regulação desses elementos, permeiam uns dos outros, escolheu-se, como caso de estudo, a cidade de Coimbra. O clássico axioma morfotipológico, desenvolvido sobretudo no panorama italiano dos anos cinquenta e sessenta, e retomado no contexto espanhol nas décadas de oitenta e noventa, constitui o marco teórico de que se parte para a constatação empírica de uns sistemas tipológicos da arquitectura; são estes sistemas que permitem focar, com a segurança proporcionada pela análise paramétrica, uma via de estruturação da imagem da cidade. A principal hipótese de trabalho é a da existência de um vínculo, evolutivo e dialéctico entre as casas correntes, os tipos edificatórios que lhes estão subjacentes e os planos urbanísticos e os regulamentos de edificação que estiveram vigentes em cada período. O que se tratará de investigar e precisar, é de que forma se constitui este vínculo, assim como o sentido em que evoluiu, e, por fim, os gradientes de aumento e diminuição deste vínculo ao longo de um determinado arco temporal que compreende todo o século XX, englobando diferentes etapas de crescimento e planeamento. A abordagem urbanística, incluindo a análise de planos e regulamentos, bem como de uma alargada compilação de licenças de habitabilidade e respectivos projectos de licenciamento, confirmou, para o período estudado, uma recorrente e fértil revisitação dos tipos arquitectónicos locais. A tese aponta para a validade de um método analítico de projecto urbano e arquitectónico assente no conceito de tipo em arquitectura, e no estudo prévio, como passo obrigatório, dos processos de formação, permanência e transformação dos tipos edificatórios e sistemas tipológicos seus derivados. Este método suporta a construção de um instrumento operativo, útil para urbanistas, arquitectos e construtores, que permita seguir com o projecto da cidade, através da preservação e revalorização dos tipos arquitectónicos locais. Adicionalmente, este instrumento poderá informar os ulteriores instrumentos de gestão territorial, assim como os regulamentos municipais de edificação. O objectivo é o de reforçar a identidade da cidade, aprendendo das lições deixadas pela história urbana local e decalcando das suas formas urbanas características.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3137
Designação: Doutoramento em Arquitectura
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE_NUNO MARTINS_AGOSTO 2012.pdfDocumento principal38,94 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.