Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3148
Título: Avaliação e controlo de treino : caracterização do desempenho, de variáveis biomecânicas gerais, antropométricas e maturacionais em jovens nadadores durante 28 semanas de treino
Autor: Dias, Pedro Brites
Orientador: Marinho, Daniel Almeida
Palavras-chave: Natação
Natação - Treino - Planeamento
Natação - Treino - Controlo
Natação - Factores biomecânicos
Natação - Avaliação antropométrica
Data de Defesa: 2011
Resumo: O objectivo deste estudo é verificar a evolução do desempenho dos nadadores ao longo de 28 semanas de treino. Mais concretamente pretendeu-se analisar o desempenho dos nadadores nas distâncias 25m, 50m livres e 1ºEstilo, Velocidade Crítica, as variáveis biomecânicas gerais (Distância e Frequência de Braçada, Velocidade Média, Índice de Braçada), as suas variáveis antropométricas (Peso, Altura, Envergadura, Índice de Massa Corporal, Comprimento dos Membros Inferiores e Superiores.) e caracterizar maturacionalmente os jovens nadadores de diferentes faixas etárias. A amostra foi constituída por seis nadadores do Clube de Natação de Portalegre, com idade média de 14,16 ± 1,32 anos, com 160,41±14,01cm de altura média, peso médio de 47,80±13,68 kg e experiência anterior na natação de 4,5±2,1 anos. Foram realizados testes de desempenho, em cada duas semanas de treino, para as distâncias de 25m e 50m livres e no 1ºestilo do nadador, onde o nadador teria que nadar à sua máxima velocidade possível. Para se avaliar a Velocidade Média, Índice de Braçada, Distância e Frequência de Braçada foi efectuado o registo vídeo, dos testes de 50m livres e 1ºestilo. A avaliação antropométrica foi realizada também em cada duas semanas de treino, onde se efectuaram medições para o peso, altura, envergadura, Índice de Massa Corporal, Comprimento dos Membros Inferiores e Superiores. Para a caracterização maturacional dos jovens nadadores, os mesmos fizeram um questionário de auto-avaliação da maturação sexual, três vezes no decorrer das 28 semanas de treino. De modo a se verificar a normalidade da distribuição foi realizado o teste Shapiro-Wilk (SPSS). Para se analisar a evolução ao longo das 28 semanas de treino dos factores antropométricos, biomecânicos, velocidade crítica e desempenho nas distâncias 25 metros e 50 metros livres e 1ºestilo dos nadadores, foi realizado Paired-Sample T-Test. Foram realizadas comparações entre a 1ªsemana e as restantes semanas de treino, sendo que o nível de significância para rejeição da hipótese nula em todos os testes estatísticos foi fixado em p≤0,05. Os resultados demonstraram um aumento do desempenho dos nadadores ao longo das 28 semanas de treino, apresentando diferenças significativas a partir das semanas 14 e 24 nos 25m e 50m livres, respectivamente, constatando-se também um aumento do desempenho dos nadadores nos 25m e 50m 1ºestilo e Velocidade Critica ao longo das 28 semanas de treino. Verificaram-se ainda aumentos dos parâmetros biomecânicos e antropométricos no decorrer e no final das 28 semanas de treino, sendo que não se observou alteração dos estádios maturacionais ao longo do mesmo.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3148
Designação: Mestrado em Ciências do Desporto
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado - Pedro Dias.pdfDocumento principal1,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.