Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3159
Título: Parcerias público-privadas no ecoturismo: uma perspectiva de co-marketing
Autor: Rodrigues, Maria de Fátima Quintela
Orientador: Franco, Mário
Palavras-chave: Marketing de turismo
Parcerias púbico-privadas - Ecoturismo
Co-marketing - Parcerias
Turismo da natureza
Data de Defesa: 2010
Resumo: O presente estudo incide na análise do impacto das parcerias público–privadas no sector do ecoturismo, numa perspectiva de co-marketing. Mais concretamente, analisar os motivos para a integração numa parceria, perceber quais os factores de sucesso e obstáculos no funcionamento destas parcerias e avaliar os resultados e/ou benefícios esperados. Para tentar dar resposta a estes objectivos de investigação, realizou-se um estudo de caso, ou seja, uma estratégia particular dentro da abordagem de investigação qualitativa. O caso seleccionado é uma parceria público-privada no sector do ecoturismo formada por quatro instituições: a Cascais Natura, Grupo Ecológico de Cascais, Santa Casa da Misericórdia de Cascais e o Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade. Como instrumentos de recolha de dados adoptou-se a entrevista e a análise documental e, como técnica de tratamento de dados, a análise de conteúdo. Com base nos resultados obtidos neste estudo, concluiu-se que os factores de motivação para a parceria púbico-privada seleccionada são o desenvolvimento de projectos com objectivos comuns, bem como o facto das instituições conseguirem, através deste tipo de parceria, aumentar a sua área de actuação. Ainda como factor motivante, identificou-se uma maior salvaguarda da natureza e melhor capacidade de gestão conjunta. De facto, a existência de projectos comuns, a partilha de conhecimentos, a redução de custos e rentabilidade de recursos são factores que motivam uma parceria público-privada no sector do ecoturismo. Quanto aos factores críticos de sucesso para esta parceria público-privada no ecoturismo, os resultados sugerem o aumento da capacidade de realização e dimensão do projecto como factor determinante. A divulgação e partilha dos grandes objectivos deste tipo de parcerias, para o público em geral (actividades de co-marketing) foram também outro factor identificado para o sucesso deste tipo de relação. O facto de todos os parceiros juntos construírem um empreendimento mais coerente e com possibilidade de sucesso no mundo global, bem como a partilha de estratégia de desenvolvimento turístico em equilíbrio com a salvaguarda da natureza são aspectos importantes para a estabilidade deste tipo de parceria. No que diz respeito aos obstáculos encontrados na parceria estudada, considerou-se existir uma má gestão e/ou sobreposição de entidades na gestão da mesma área de intervenção e a possibilidade de “corrupção”, prepotência, monopólios e má gestão. Uma das instituições envolvidas, por sua vez, realçou a falta de diálogo e a tentativa de alguma das partes se sobrepor à outra. A burocracia e a falta de formação em áreas de conhecimento específicas foram outro obstáculo identificado no presente estudo de caso. No que diz respeito aos resultados/benefícios esperados, concluiu-se que a recuperação de áreas degradadas, um turismo de natureza regrado, bem como o acesso a fundos comunitários, que só é possível através de uma parceria público–privada. Esta parceria permite uma maior projecção para o exterior, contudo, espera-se no futuro mais comunicação entre os parceiros. A parceria permite ainda promover e desenvolver actividades que sejam lucrativas e também uma participação activa na gestão sustentável da natureza. Por fim, a capacidade de financiamento e execução de projectos, a consolidação das relações entre instituições públicas e privadas e a partilha de conhecimento a nível técnico e científico foram resultados apontados pelas instituições estudadas. Com base nestes principais resultados, nesta investigação são ainda sugeridas algumas directrizes e orientações a ter em linha de conta na criação e manutenção de uma parceria público-privada no sector do Ecoturismo.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3159
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Marketing
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Fátima_final_Out.pdf654,05 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.