Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3171
Título: Fatores determinantes da qualidade de vida académica e suas implicações no desempenho, recomendação e fidelização de estudantes nas universidades públicas portuguesas
Autor: Pedro, Eugénia Maria Gonçalves de Matos
Orientador: Alves, Helena
Leitão, João Carlos
Palavras-chave: Universidades públicas - Desempenho académico
Universidades públicas - Fidelização
Data de Defesa: 2013
Resumo: A relação entre as universidades e os seus estudantes tem sido, ao longo dos anos, o foco central de um processo complexo de maturação, apesar de haver uma lacuna relativamente à literatura direcionada para a qualidade de vida académica (QVA). No entanto, cumprir com as necessidades dos estudantes continua a ser imperativo. Assim, as universidades tentam colmatar estas necessidades quer no âmbito académico quer no âmbito social, fornecendo aos seus estudantes mais do que um ensino normal, no qual os estudantes aprendem, com o objetivo de maximizar o bem-estar e a qualidade de vida da sua comunidade académica. Para as universidades, docentes, gestores públicos e fazedores de políticas públicas a questão fundamental é como podem contribuir para melhorar a qualidade de vida académica dos seus alunos. Nesta linha de raciocínio, o presente estudo tem como objetivo abordar a questão anteriormente referida, avaliando quais as áreas da vida académica que influenciam a QVA e quais são as consequências dessa QVA para as universidades. Com base numa amostra de 726 alunos de todas as universidades públicas portuguesas, testou-se um modelo estrutural que visa avaliar o impacto que a gestão académica, as infraestruturas, a oferta educativa e a ação social têm na fidelização e na vontade de recomendar a universidade, assim como se tenta aferir da possibilidade de relação com o desempenho dos estudantes. Os resultados obtidos revelam que a QVA é em grande parte influenciada pela oferta educativa e pelas infraestruturas, não obstante se revelar também o facto de a QVA ser explicada apenas parcialmente pela satisfação com a vida académica. Além disso, os resultados revelam que a QVA é um bom preditor da fidelização (0.479) e de recomendação da universidade (0.639). Contudo, o fator QVA não se revelou importante para o desempenho dos estudantes.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3171
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Marketing
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertação mestrado eugenia pedro.pdf1,19 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.