Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3178
Título: Alterações induzidas na performance de lançamento em crianças do sexo feminino dos 7 aos 8 anos de idade
Autor: Brito, Joana Alexandra Lima
Orientador: Marques, Mário António Cardoso
Palavras-chave: Educação física - Crianças - Escola
Educação física - Lançamento - Crianças
Educação física - Lançamento - Força - Crianças
Educação física - Treino de força - Crianças
Data de Defesa: 2011
Resumo: Este estudo teve como principal objectivo determinar os efeitos de três programas de treino de força explosiva com a mesma carga de trabalho mecânico total (i.e., o mesmo impulso mecânico) sobre a velocidade de lançamento. A amostra foi constituída por 42 alunos do sexo feminino (~ 8 anos de idade) e posteriormente dividida em três grupos homogéneos indexados a um tipo de treino específico. Um grupo de treino realizou 4 séries de 6 repetições com uma bola medicinal de 1 kg (GM); um segundo grupo de treino que realizou 3 séries de 11 repetições e 1 série de 10 repetições com uma bola de futebol (GF: 0,45 kg); e um outro grupo de treino combinado (GCOM) que executou 6 repetições com a bola medicinal de 1 kg, 10 repetições com a bola medicinal de 0,5 kg, 11 repetições com a bola de futebol e 13 repetições com a bola de andebol (0,35kg). Todos os programas de treino foram sujeitos à mesma carga de trabalho mecânico total (i.e., o mesmo impulso mecânico: 132 N.s). Foram executados testes de lançamentos com uma bola de andebol, futebol e com bolas medicinais de 0,5 kg e de 1 kg, durante o período de 6 semanas de treino força explosiva com 2 sessões semanais. Os resultados permitiram perceber que todos os grupos obtiveram ganhos significativos na velocidade de lançamento. Entre os grupos, apenas o GF obteve um aumento significativo na velocidade de lançamento com a bola de andebol (15,05%; p=0,01), tendo ainda obtido melhores resultados percentuais no lançamento coma bola de futebol (13,69%) e na bola medicinal de 0,5kg (13,99%). Concluiu-se que todos os programas de treino aplicados foram eficazes no aumento significativo da velocidade de lançamento e na distância alcançada, ao longo de um curto período de tempo, apesar dos resultados indicarem claramente que um trabalho realizado à velocidade máxima é mais eficiente no aumento da velocidade. Este estudo demonstrou ainda que um trabalho simples com bolas medicinais pode ser altamente eficaz e de fácil exequibilidade em crianças do 1 ciclo.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3178
Designação: Mestrado em Ciências do Desporto
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertaç...pdfDocumento principal409,21 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.