Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3187
Título: Importância da acção da pernada de crol no rendimento desportivo de jovens nadadores
Autor: Oliveira, Roberto Cláudio Azevedo Pinto de
Orientador: Costa, Aldo Matos
Marinho, Daniel Almeida
Palavras-chave: Natação - Crol
Natação - Crol - Performance - Avaliação
Natação - Crol - Performance - Aspectos hidrodinâmicos
Natação - Crol - Jovens - Rendimento desportivo
Data de Defesa: Set-2011
Resumo: O propósito deste estudo contempla três objectivos. O primeiro passa por compreender a relação entre a performance do nado completo em crol e da pernada na mesma técnica. O segundo é analisar a relação entre a performance do nado de crol com algumas variáveis hidrodinâmicas associadas à pernada. Finalmente, o terceiro pretende apreender quais os efeitos de um programa de treino de pernada de crol, na performance e nas variáveis hidrodinâmicas. Para tal, 36 nadadores (10.03±0.66 anos, 43.18±8.28 kg, 1.51±0.06 m) participaram neste estudo. A performance a 200m crol, a 200m pernas de crol e o arrasto activo foram medidos. O método da perturbação da velocidade foi seleccionado para a medição do arrasto activo. Foram ainda destacados para efectuarem um programa de 8 semanas de treino de pernada de crol. O grupo Experimental 1 (E1, n=12) realizou a totalidade dos metros previstos. O segundo grupo Experimental (E2, n=12) efectuou metade deste volume e o grupo de Controlo (C, n=12) substitui este programa por tarefas de técnica, com o esmo volume e a baixa intensidade. A performance aos 200m crol relacionou-se significativamente (p<0.01) com a prestação nos 200m pernas de crol (0.87), a força de arrasto hidrodinâmico da pernada (0.50) e com os valores de potência, também da pernada (0.58). Os valores do coeficiente de arrasto não registaram nenhuma relação com a prestação nos 200m crol. Depois de aplicadas as 8 semanas de treino de pernada, só encontramos diferenças estatisticamente significativas entre E1 e E2 na Vm da pernada. Mas, quando comparamos as diferenças intra-grupos, registamos que, em E1, as variáveis Prs200 (0.003), Tp200 (0.002), Vm p (0.005) e Vm (0.005) progrediram significativamente. Em E2, a evolução foi verificada nos Prs200 (0.026), no D (0.026) e na P (0.021). No grupo C, apenas a Tp200 (0.003) e a Vm p (0.016) evidenciaram diferenças estatisticamente significativas. Estes resultados encontrados sublinham a importância das acções da pernada de crol na performance do nado completo dos nadadores destas idades, e sugerem ainda o importante papel que as tarefas de pernada assumem nos treinos dos jovens nadadores.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3187
Designação: Mestrado em Ciências do Desporto
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
m3690 Roberto Oliveira.pdfDocumento principal526,74 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.