Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3250
Título: Relatório de estágio pedagógico : Escola Secundária Quinta das Palmeiras
Autor: Castela, Liliana Calado
Orientador: Martins, Júlio
Palavras-chave: Educação física - Estágio pedagógico
Actividade física - Jovem - Hábitos alimentares
Actividade física - Jovem - Hipertensão
Desporto escolar
Data de Defesa: Jun-2011
Resumo: Resumo - Capítulo 1 Objectivos: Expor de forma sucinta as actividades desenvolvidas ao longo do estágio pedagógico, na Escola Secundária Quinta das Palmeiras no ano lectivo 2010/2011. A amostra foi constituída por alunos de três turmas, sendo duas delas de 8º ano do 3º ciclo e uma de 12º ano de ensino secundário. As turmas de 8º ano eram constituídas por 28 alunos cada uma e a turma de 12º ano possuía 24 alunos. Ao longo do ano lectivo, trabalhamos com as três turmas especificamente e também com toda a comunidade escolar. Conclusões: O estágio pedagógico vai ser sempre uma referência a considerar ao longo da minha vida profissional, pois foi uma experiencia muito positiva e motivadora, pelo facto de me ter permitido experimentar um leque variado de actividades e com elas associados novos conhecimentos e competências, que me permitiram evoluir como pessoa e como professora. Resumo - Capítulo 2 Objectivo: Avaliar a prevalência de hipertensão em jovens com idades compreendidas entre os 13 e os 20 anos de idade e perceber que factores podem ter mais influência na existência da hipertensão arterial. Metodologia: A amostra foi constituída por 656 indivíduos, sendo 329 do sexo masculino e 327 do sexo feminino, com idades compreendidas entre os 13 e os 20 anos. Foram realizadas duas medições de tensão arterial (TA) e recolhido o peso e a altura de toda a amostra. As informações, sobre nível de actividade física e hábitos alimentares, foram obtidas através da aplicação de um questionário estruturado. Os dados foram analisados separadamente por sexo. Foram utilizados os programas SPSS (ANOVA e teste Post Hoc) para avaliar o nível de significância e EXCEL. Resultados: A prevalência de hipertensão no sexo masculino foi de 30,7% e no sexo feminino de 28,4%. Foram encontradas diferenças estatisticamente significativas na relação entre os níveis de TA com os níveis de actividade física no sexo feminino, sendo o nível de significância determinado para p≤0,05. Relativamente aos hábitos alimentares, 67% da amostra ingere comida com sal e a maioria afirma comer uma vez por semana comida tipo fast-food, dos quais 64% raparigas e 67% de rapazes. Conclusões: Nesta amostra foi possível observar uma prevalência de hipertensão elevada em ambos os sexos (29,5%). Identificou-se uma diferença significativa, no sexo feminino, no que diz respeito ao nível de actividade física e ao grau de tensão arterial.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3250
Designação: Mestrado em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório Estágio - Liliana Castela.pdfDocumento principal375,06 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.