Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3275
Título: Motivação para a prática e não prática no desporto escolar na EBI c-JI cidade de Castelo Branco
Autor: Duarte, Luís Miguel Nunes
Orientador: Martins, Júlio Manuel Cardoso
Palavras-chave: Desporto escolar - Motivação
Prática desportiva - Motivação
Data de Defesa: Jun-2012
Resumo: Objetivo: O presente estudo tem como objetivo investigar as motivações que levam os jovens à prática e não prática do desporto escolar. Metodologia: A amostra foi constituída por alunos de ambos os sexos, da EBI c/JI Cidade de Castelo Branco, um total de 496 inquiridos, sendo 171 praticantes e 325 não praticantes de Desporto Escolar. Foram aplicados como instrumentos o Questionário de Motivação para as Atividades Desportivas - QMAD versão traduzida e adaptada (Frias & Serpa, 1991) da versão original Participation Motivation Questioner - PMQ (Gill, Gross & Huddleston, 1983); e o Inquérito de Motivações para a Ausência de Atividade Desportiva – IMAAD, desenvolvido por Pereira e Vasconcelos-Raposo (1997) validado por Fernandes (2005). Resultados: Na análise fatorial para a prática desportiva no Desporto Escolar constata-se que existem diferenças estatisticamente significativas nas variáveis independentes: sexo no fator “Forma física” (P=0,026); no local de residência, “Estatuto” (P=0,016); no escalão de formação, “Estatuto” (P=0,000), “Emoções” (P=0,012), “Prazer” (P=0,000), “Forma física, (P=0,000), “Desenvolvimento técnico” (P=0,000), “Afiliação geral” (P=0,000) e “Afiliação específica” (P=0,000); ciclo de ensino “Estatuto” (P=0,000), “Emoções” (P=0,026), “Prazer” (P=0,006), “Forma física, (P=0,000), “Desenvolvimento técnico” (P=0,003), “Afiliação geral” (P=0,001) e “Afiliação específica” (P=0,000). No que respeita à análise fatorial para a não prática desportiva no Desporto Escolar constata-se que existem diferenças estatisticamente significativas nas variáveis independentes: sexo nos fatores “Aversão desportiva/insatisfação” (P=0,000), “Estética/incompetência” (P=0,000), “Falta de apoio/condições” (P=0,004) e “Desinteresse pelo esforço físico” (P=0,000); em função do ciclo de ensino “Desinteresse pelo esforço físico” (P=0,022) e “Falta de tempo” (P=0,000). Conclusões: As análises comparativas demonstram que as variáveis independentes influenciam, positiva e negativamente, os jovens na prática e não prática desportiva no Desporto Escolar.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3275
Designação: Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Relatório de Estágio Luis Duarte.pdfDocumento principal1,99 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.