Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3325
Título: As competências literácitas no ensino básico : aprendizagens (im)perfeitas em escrita e leitura
Autor: Gonçalves, Cristina Maria de Almeida
Orientador: Sardinha, Maria da Graça Guilherme de Almeida
Osório, Paulo José Tente da Rocha Santos
Palavras-chave: Leitura - Competências literácitas
Escrita - Competências literácitas
Hábitos leitores
Literacia
Data de Defesa: Mar-2014
Resumo: A presente tese aborda, tanto sob o ponto de vista teórico como empírico, a importância da leitura e da escrita no desenvolvimento de leitores competentes e proficientes. Assim, procurámos verificar a importância da leitura e da escrita no desenvolvimento de capacidades leitoras que proporcionem uma integração na sociedade actual, cada vez mais exigente e complexa, esperando-se que os alunos sejam capazes de processarem informação escrita e de adequarem a leitura a qualquer situação leitora, revelando-se imprescindível a aquisição de competências literácitas para a formação de leitores competentes e autónomos. Tendo o presente estudo uma parte consagrada a questões de índole teórica (onde problematizamos conceitos, desconstruímos teorias e enquadramos conceptualmente certas posições acerca da temática em apreço), foi nosso primeiro objectivo levarmos, por diante, uma investigação, de carácter empírico, que nos desse dados acerca da necessidade de se adquirirem hábitos de leitura precoces no seio da família, no Jardim-de-infância (literacia emergente), na escola, na comunidade (literacia científica, crítica…), a fim de desenvolver, nos alunos, capacidades leitoras, orais, escritas, cognitivas e metacognitivas. Verificámos que diversos factores contribuem para a aquisição daquelas competências (ambiente familiar, social, escolar individual/motivacional). Realizámos, através de um inquérito, um estudo sobre competências literácitas dos alunos no ensino básico. Para o efeito, seleccionaram-se alunos, encarregados de educação e professores do ensino básico (primeiro, segundo e terceiro ciclos) em treze agrupamentos, seleccionados aleatoriamente, do Distrito de Castelo Branco. Após responderem a questões formuladas que incidiram sobre os factores que influenciavam e/ou promoviam o desenvolvimento de capacidades de leitura e escrita e, por conseguinte, capacidades literácitas, procedemos à respectiva análise com base num protocolo metodológico previamente definido. Concluímos que tanto nas famílias como na escola, particularmente os professores e também os alunos, houve unanimidade na crença de que para se ser um leitor capaz, fluente e proficiente é fundamental que os hábitos leitores se instalem precocemente, sejam regulares e constantes, recorrentes a suportes variados. Os resultados são explicitados em lugar próprio da tese, fazendo-se uma súmula na Conclusão deste estudo, onde, igualmente, apontamos algumas limitações da investigação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3325
Designação: Doutoramento em Letras
Aparece nas colecções:FAL - DL | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
As competências Literácitas no Ensino Básico - nova.pdfDocumento principal4,01 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.