Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3369
Título: O ensino do espanhol como língua estrangeira: estimular a aprendizagem através do lúdico
Autor: Fonseca, Ana Margarida Costa
Orientador: Osório, Paulo José Tente da Rocha Santos
Sardinha, Maria da Graça Guilherme de Almeida
Palavras-chave: Língua espanhola - Língua estrangeira - Ensino-aprendizagem
Língua estrangeira - Ensino-aprendizagem - Aspectos lúdicos
Língua estrangeira - Ensino-aprendizagem - Relação professor-aluno
Ensino-aprendizagem - Aspectos lúdicos
Data de Defesa: 2010
Resumo: Neste trabalho estudamos o papel do lúdico nas aulas de línguas estrangeiras e o seu valor pedagógico através dos tempos. O objectivo principal é salientar a importância do lúdico no processo de ensinoaprendizagem, particularmente no caso da língua espanhola. No entanto, porque não é fácil definir o lúdico, foi necessário analisar os vários conceitos de lúdico, procurando justificar a sua aplicação na sala de aula de línguas. Começámos por fazer um breve estudo sobre a evolução do ensino do Espanhol em Portugal e abordámos as diversas metodologias de ensino da língua estrangeira, dando especial relevo ao método comunicativo por ter sofrido um grande impulso com a publicação das ideias de Krashen, que, inspirado nas teorias de Vygotsky, salientava o papel desenvolvido pelo ensino escolar na formação de conceitos, assim como o papel do outro na construção do conhecimento, revolucionou o ensino das línguas estrangeiras. Discutiu-se a interdependência entre o jogo e a linguagem bem como a relação entre o lúdico e o desejo de aprender. Procurámos saber o que o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas dizia sobre o tema e, além disso, objectivámos investigar a percepção dos alunos e dos professores quanto à importância do lúdico na procura de uma aprendizagem significativa. Partimos da hipótese de que o lúdico é um factor essencial em toda a actividade humana e que, por isso, não se pode ignorar nem substimar numa aula de língua estrangeira. O lúdico é capaz de facilitar a aquisição e aprendizagem de uma língua permitindo a realização de “pontes” entre a teoria e a prática, transformando a aprendizagem em algo agradável e significativo. Os resultados obtidos com a investigação mostraram que tanto professores como alunos consideram o lúdico como sendo motivador e estimulador da aprendizagem. Por fim, como contribuição, oferecemos aos professores de Espanhol sugestões de actividades lúdicas que procuram o real comprometimento, interesse e aprendizagem do aluno na aula.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3369
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Letras
Aparece nas colecções:FAL - DL | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
capa.pdf29,6 kBAdobe PDFVer/Abrir
1º Texto.pdf80,58 kBAdobe PDFVer/Abrir
2º Texto.pdf65,53 kBAdobe PDFVer/Abrir
3º Texto.pdf3,37 MBAdobe PDFVer/Abrir
sequencia da tese.pdf29,12 kBAdobe PDFVer/Abrir
lombada tese.pdf27,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.