Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3387
Título: Bibliografia da literatura infantil portuguesa na primeira década do século XXI e hábitos de leitura
Autor: Vieira, Sara Patrícia Marques
Orientador: Pereira, António dos Santos
Palavras-chave: Hábitos de leitura - Portugal - Séc. 21
Compreensão da leitura
Competência leitora
Promoção da leitura
Data de Defesa: 2012
Resumo: O estudo valida a legitimidade da Literatura Infantil no âmbito da sala de aula, enquanto tipologia de texto capaz de fornecer aos alunos múltiplas competências que farão deles leitores autónomos e proficientes. Deste modo, torna-se indispensável consciencializar os docentes, potenciais agentes de mediação, para esta realidade, dando-lhes a conhecer o respetivo manancial à sua disposição nas nossas livrarias. Cabe ao professor do 1º ciclo entender a formação dos hábitos de leitura como um processo em que ele próprio seja um bom leitor: conheça os livros, os conteúdos e temas dos mesmos. Assim, a presente investigação tem como principais objetivos: por um lado constituir uma bibliografia da literatura infantil em Portugal na primeira década do século XXI, dando uma breve panorâmica de algumas obras e dos seus autores, fazendo uma análise aos temas que as mesmas abordam, realizando-se para o efeito uma recolha de originais dos autores portugueses; por outro lado e de forma a contribuir para a consciencialização da importância da criação de hábitos de leitura, pretendeu também verificar o contributo da leitura e da literatura infantil na formação humana e nas competências linguísticas dos alunos, no âmbito cognitivo e social. Neste caso, a amostra, constituída por 35 indivíduos, alunos do 4º ano do ensino básico, do Agrupamento de Escola do Concelho da Chamusca, com média de idade de 9,3±0,5 anos, foi dividida em três grupos, quanto aos hábitos de leitura: Raramente (n=14), Bastante (n=8); Muito (n=13). Avaliaram-se as competências linguísticas dos alunos, através de um questionário concebido para o efeito. Os dados obtidos foram tratados no S.P.S.S. 19.0, através da estatística descritiva (percentuais relativos e absolutos, média e desvio padrão), e análise de variância, através do teste de SCHEFFÉ. Adotou-se um nível de significância de 5%. Procedeu-se à análise dos resultados onde extraímos algumas conclusões: as crianças com melhores hábitos de leitura demonstraram melhores desempenhos em relação à compreensão leitora. Terminámos tecendo algumas considerações, tendo em conta os resultados verificados, tentando relacioná-los com algumas referências a estudos desenvolvidos com a mesma temática.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3387
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Estudos Didáticos, Culturais, Linguísticos e Literários
Aparece nas colecções:FAL - DL | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE SARA VIEIRA.pdf2,05 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.