Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3412
Título: Não só, apenas Azeredo Perdigão
Autor: Silva, Liliana Filipa Mendes da
Orientador: Pereira, António dos Santos
Palavras-chave: Perdigão, José Henrique de Azeredo, 1896-1993 - Vida e obra
Gulbenkian, Calouste, 1869-1955 - Obra
Data de Defesa: 2008
Resumo: Só partindo dos mundos percorridos pelo Homem, analisando as suas experiências, meditando sobre os valores, reflectindo sobre as mentalidades, é possível abrir perspectivas para a compreensão do presente. José Henrique de Azeredo Perdigão primou pela singularidade, não se limitou a ser um só, apenas o só, foi uno e múltiplo. É inegável o seu enorme contributo para a construção do mundo moderno e, mais ainda, do mundo contemporâneo. Olhar para o seu percurso é reflectir acerca da actualidade. Encarnou um modo de trabalhar único e legou-nos quase um século de história. O presente estudo visa traçar, de algum modo, o percurso de vida sob dois vectores essenciais, que ele mesmo estipulou para um trabalho desta envergadura. Assim, analisaremos de forma sequenciada; o homem interior, aquilo a que de mais próximo poderemos atingir, através das referências que existem sobre o seu carácter; e o homem exterior, desde as suas relações até à presidência da Fundação Calouste Gulbenkian. Esse foi o ponto de partida, e será sempre o horizonte final. Muito embora, o desejo de levantar exaustivamente a sua actuação em todos os domínios muitas das vezes representasse um trabalho utópico, devido, ora às lacunas na informação, ora à amálgama da mesma. Esta metodologia de trabalho poderá não resultar no modelo mais proficiente, contudo parece ser o único à nossa disposição, uma vez que o presente, ainda não terá dado o devido valor à personalidade, frequentemente enjeitada por jornalistas e historiadores. Ficamos pela tentativa de discernir algumas linhas mestras, de desenhar eixos de evolução. Apenas a veleidade de desvendar uma ínfima parte do que se conhece, servindo-nos, muitas vezes de ideias, palavras que, no essencial foram tomadas de empréstimo. [...]
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3412
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Estudos Artísticos, Culturais, Linguísticos e Literários
Aparece nas colecções:FAL - DL | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Não só, apenas Azeredo Perdigão.pdf24,64 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.