Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3458
Título: Planeamento e sustentabilidade em cidades médias: Covilhã - indústria, património e resiliência
Autor: Costa, João Diogo Fazenda Neto Raposo da
Orientador: Beato, Cláudia Sofia São Marcos Miranda
Palavras-chave: Edifícios - Património industrial - Covilhã
Reabilitação urbana - Património industrial - Cidade sustentável
Zonas industriais - Aspectos ambientais
Zonas industriais - Aspectos socio-económicos
Zona industrial do Canhoso - Covilhã - Estudo de caso
Zona industrial do Tortosendo - Covilhã - Estudo de caso
Data de Defesa: 2013
Resumo: O grande problemas das cidades dos nossos dias, reside no grande Património Industrial abandonado, que escreveu a história das cidades e das populações. Romper com a história, demolindo-os não será solução para a resolução deste problema. Será solução, dar uma nova vida a estes edifícios, tendo em atenção a preservação da história de cada um deles. A criação das zonas industriais, levou a que este problema atingisse uma grande proporção. Em muitos casos as zonas industriais estão a dezenas de quilómetros de distância do lugar onde vivem os trabalhadores, sendo, portanto, responsável por movimentos significativos no tempo de duração no percurso casa/trabalho. No entanto, problemas como a poluição e os ruídos industriais, passaram a não figurar nos centros urbanos. Estudaram-se duas zonas industriais, de uma cidade de média dimensão: a Covilhã. Pretendendo-se entender quais as vantagens e desvantagens das empresas estarem sediadas nas zonas industriais e mostrar que estas indústrias poderiam estar sediadas no centro da cidade, ocupando assim, os edifícios devolutos da indústria da lã que perduraram na cidade, permitindo o desenvolvimento da região. Originando um menor impacto ambiental dos movimentos casa/trabalho, dando ao património industrial da cidade uma nova função, contribuindo assim para a sustentabilidade da cidade, em diferentes níveis. É importante que esta requalificação dos edifícios ocorra sem causar transtornos ao normal quotidiano da população.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3458
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Engenharia Civil
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Joao.pdf239,7 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.