Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3476
Título: Reabilitação de edifícios multifamiliares das décadas de 50, 60 e 70
Autor: Silva, Carlos Samuel Nogueira
Orientador: Lanzinha, João Carlos Gonçalves
Palavras-chave: Parque habitacional - Reabilitação de edifícios - Portugal
Edifícios multifamiliares - Portugal
Edifícios habitacionais - Estado de conservação - Avaliação
Edifícios habitacionais - Requisitos regulamentares
Data de Defesa: 2013
Resumo: Nos últimos anos temos vindo a olhar para a parque habitacional em Portugal com alguma preocupação, pois a actual situação apresenta um aumento do número de edifícios com um estado de conservação bastante degradado. Admite-se que mais de um quarto dos edifícios existentes carece de necessidades de reparação. Esta dissertação pretende oferecer um melhor conhecimento sobre os actuais requisitos regulamentares aplicados à construção de edifícios novos e existentes e metodologias de avaliação do estado de conservação adequadas aos edifícios habitacionais. Para a realização desta dissertação considera-se três edifícios da habitação multifamiliar das décadas de 50, 60 e 70. Tenta-se compreender os aspectos construtivos relativos aos três casos em estudo, tendo em consideração a sua tipologia estrutural, os materiais empregues na concepção dos seus sistemas construtivos e etc.. Procedeu-se à recolha de um conjunto de requisitos regulamentares dispostos dispersamente pela legislação actual em vigor aplicada aos edifícios novos e existentes. Reuniu-se todo um conjunto de requisitos regulamentares e procedeu-se à criação de fichas de avaliação, cujo objectivo passa pela sua aplicação aos casos de estudo, realizando uma avaliação exigencial, de modo a avaliar o grau de cumprimento dos requisitos mínimos. Ao mesmo tempo, pretende-se aplicar duas das quatro metodologias abordadas, sendo que uma delas é constituída por inspecção visual simples e avaliação exigencial, procedendo a uma avaliação do estado de conservação dos casos de estudo. Após a aplicação e análise das fichas e metodologias de avaliação do estado de conservação, analisa-se os resultados obtidos, tendo como objectivo definir estratégias que, de uma certa forma venham apoiar a futuros projectos de reabilitação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3476
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Engenharia Civil
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Vol_I_Projecto de Reabilitação de Edifícios Multifamiliares.pdf4 MBAdobe PDFVer/Abrir
Vol_II_ANEXOS.pdf26,03 MBAdobe PDFVer/Abrir
1.pdf91,77 kBAdobe PDFVer/Abrir
2.pdf93,47 kBAdobe PDFVer/Abrir
3.pdf115,94 kBAdobe PDFVer/Abrir
4.pdf116,07 kBAdobe PDFVer/Abrir
5.pdf62,03 kBAdobe PDFVer/Abrir
6.pdf72,9 kBAdobe PDFVer/Abrir
7.pdf89,74 kBAdobe PDFVer/Abrir
8.pdf69,84 kBAdobe PDFVer/Abrir
9.pdf66,56 kBAdobe PDFVer/Abrir
10.pdf64,2 kBAdobe PDFVer/Abrir
11.pdf60,13 kBAdobe PDFVer/Abrir
12.pdf184,67 kBAdobe PDFVer/Abrir
13.pdf95,81 kBAdobe PDFVer/Abrir
14.pdf235,84 kBAdobe PDFVer/Abrir
15.pdf189,78 kBAdobe PDFVer/Abrir
16.pdf253,83 kBAdobe PDFVer/Abrir
17.pdf378,79 kBAdobe PDFVer/Abrir
18.pdf394,51 kBAdobe PDFVer/Abrir
19.pdf327,26 kBAdobe PDFVer/Abrir
20.pdf341,34 kBAdobe PDFVer/Abrir
21.pdf279,43 kBAdobe PDFVer/Abrir
22.pdf616,33 kBAdobe PDFVer/Abrir
23.pdf258,58 kBAdobe PDFVer/Abrir
24.pdf414 kBAdobe PDFVer/Abrir
1.pdf91,04 kBAdobe PDFVer/Abrir
2.pdf42,36 kBAdobe PDFVer/Abrir
3.pdf41,12 kBAdobe PDFVer/Abrir
4.pdf40,48 kBAdobe PDFVer/Abrir
5.pdf72,98 kBAdobe PDFVer/Abrir
6.pdf43,07 kBAdobe PDFVer/Abrir
7.pdf41,7 kBAdobe PDFVer/Abrir
8.pdf38,08 kBAdobe PDFVer/Abrir
9.pdf178,2 kBAdobe PDFVer/Abrir
10.pdf43,98 kBAdobe PDFVer/Abrir
11.pdf42,4 kBAdobe PDFVer/Abrir
12.pdf130,34 kBAdobe PDFVer/Abrir
13.pdf146,73 kBAdobe PDFVer/Abrir
14.pdf173,79 kBAdobe PDFVer/Abrir
15.pdf180,95 kBAdobe PDFVer/Abrir
16.pdf107,31 kBAdobe PDFVer/Abrir
17.pdf96,34 kBAdobe PDFVer/Abrir
18.pdf129 kBAdobe PDFVer/Abrir
19.pdf94,47 kBAdobe PDFVer/Abrir
20.pdf95,03 kBAdobe PDFVer/Abrir
21.pdf88 kBAdobe PDFVer/Abrir
22.pdf178,71 kBAdobe PDFVer/Abrir
23.pdf164,88 kBAdobe PDFVer/Abrir
1.pdf90,25 kBAdobe PDFVer/Abrir
2.pdf81,59 kBAdobe PDFVer/Abrir
3.pdf83,18 kBAdobe PDFVer/Abrir
4.pdf80,86 kBAdobe PDFVer/Abrir
5.pdf68,76 kBAdobe PDFVer/Abrir
6.pdf70,65 kBAdobe PDFVer/Abrir
7.pdf70,78 kBAdobe PDFVer/Abrir
8.pdf73,37 kBAdobe PDFVer/Abrir
9.pdf65,22 kBAdobe PDFVer/Abrir
10.pdf257,43 kBAdobe PDFVer/Abrir
11.pdf370,21 kBAdobe PDFVer/Abrir
12.pdf454,48 kBAdobe PDFVer/Abrir
13.pdf502,18 kBAdobe PDFVer/Abrir
14.pdf513,07 kBAdobe PDFVer/Abrir
15.pdf352,51 kBAdobe PDFVer/Abrir
16.pdf369,1 kBAdobe PDFVer/Abrir
17.pdf464,5 kBAdobe PDFVer/Abrir
18.pdf436,47 kBAdobe PDFVer/Abrir
19.pdf449,37 kBAdobe PDFVer/Abrir
20.pdf506,66 kBAdobe PDFVer/Abrir
21.pdf398,04 kBAdobe PDFVer/Abrir
22.pdf331,45 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.