Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3490
Título: Ponte sobre o Rio Zambeze em Moçambique: aplicação da solução de Edgar Cardoso para um vão de 360 m
Autor: Ferraz, Filipe Marques
Orientador: Fonseca, João António Saraiva Pires da
Palavras-chave: Pontes suspensas -- Moçambique -- Estudo de caso
Pontes -- Estrutura de cabos
Vigas
Viga articulada contínua
Data de Defesa: 2013
Resumo: O presente trabalho diz respeito ao projecto de uma ponte sobre o rio Zambeze baseada na concepção utilizada por Edgar Cardoso na construção da actualmente designada Ponte Samora Machel em Tete, Moçambique. Foi analisado em detalhe o projecto original e elaborado um modelo digital geométrico tridimensional de toda a estrutura, tendo em vista a compreensão de várias soluções originais pouco divulgadas, que terão sido utilizadas com sucesso na execução da ponte. Com o objectivo de potenciar um sistema construtivo ainda pouco utilizado em todo o mundo para a estrutura de pontes suspensas, foram efectuados cálculos e estudos paramétricos com recurso a modelos estruturais complexos, para de uma forma coerente, poder usar o mesmo sistema para uma ponte com vãos de maior desenvolvimento. A existência de cabos de rigidez pré-esforçados ao nível do tabuleiro, associados aos pendurais inclinados formando triangulação e aos cabos funiculares constitui um sistema do tipo “viga em treliça” com continuidade sobre os apoios intermédios. O sistema de cabos com as características adequadas mostra-se suficientemente rígido para dispensar qualquer outra viga de rigidez adicional. A distância que existe entre o vértice do cabo funicular e o cabo de rigidez é o parâmetro mais influente na redução dos deslocamentos verticais sob a acção das sobrecargas rodoviárias. Independentemente da flecha utilizada para o cabo funicular, os deslocamentos provocados pelas sobrecargas variáveis são menores à medida que é aumentada a altura da viga a meio vão. Quanto maior for o vão da ponte, maior terá de ser a altura da viga para que existam deslocamentos admissíveis. Como resultado global do presente trabalho, confirma-se a viabilidade de execução de uma ponte com um vão central de 360 m, considerando-se que se trata de um sistema económico e de fácil execução.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3490
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil - Estruturas e Construção
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Ponte sobre o Rio Zambeze em Moçambique.pdf4,42 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.