Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3503
Título: Comparação dos níveis de atividade física e aptidão física de alunos Caucasianos e Africanos do Ensino Secundário
Autor: Cruz, Nuno Rodrigo Almeida Gomes
Orientador: Martins, Júlio Manuel Cardoso
Palavras-chave: Educação física - Estágio pedagógico
Actividade física - Saúde
Actividade física - Índice de massa corporal
Actividade física - Aspectos socioculturais
Desporto escolar
Data de Defesa: Jun-2013
Resumo: A presente investigação tem como principal propósito comparar indivíduos de origem caucasiana com indivíduos de origem africana relativamente à aptidão física (Fitnessgram, 2002) e ao nível de atividade física (Telama, 1996). Pretende também contribuir para a compreensão e aprofundamento dos conceitos, podendo auxiliar em estudos futuros. A amostra foi constituída por 30 indivíduos do sexo masculino, com média de idades 21±1.812, de natureza intencional, por conveniência, tendo sido dividida em dois grupos com 15 indivíduos de origem caucasiana (G1) e 15 de origem africana (G2). Foram aplicados dois instrumentos, com o objetivo de quantificar a aptidão dos sujeitos, o Fitnessgram (2002), nas componentes de aptidão aeróbia, aptidão muscular e composição corporal, e para o nível de atividade física, o questionário de Telama (1996). Os dados obtidos foram tratados no S.P.S.S. 19, através da estatística descritiva, mediante a frequência de ocorrências, percentuais relativos e absolutos, média e desvio padrão. Para análise inferencial, recorremos ao teste de Kolmogorov-Smirnov para verificação da normalidade da amostra. Posteriormente o de Mannwhitney para as variáveis que apresentaram distribuição normal e o teste T-Student para as variáveis que não apresentaram distribuição normal. Os resultados obtidos mostram-nos que não existem diferenças estatisticamente significativas na maioria das componentes estudadas, excepto na componente aeróbia onde os indivíduos de origem africana apresentaram melhores resultados e no indicador de força dos membros superiores da aptidão muscular, onde os indivíduos origem caucasiana apresentaram melhores resultados (p≤0.05). Concluímos e constatámos, que existem poucas diferenças na comparação dos dois grupos em estudo, apenas existindo diferenças na aptidão aeróbia, (melhor score em G2) e força muscular dos membros superiores, (melhor score em G1).
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3503
Designação: Mestrado em Ensino da Educação Física nos Ensinos Básicos e Secundário
Aparece nas colecções:FCSH - DCD | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Final.pdfDocumento principal333,52 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.