Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3514
Título: Ordenamento do espaço termal: uma visão sobre o corredor entre Santa Comba Dão e as termas do Granjal
Autor: Nunes, Gonçalo Miguel Tomás Ferreira
Orientador: Gomes, Luís Manuel Ferreira
Palavras-chave: Termalismo - Portugal
Águas minerais - Qualidade de terapêutica - Portugal
Estâncias termais - Portugal
Estâncias termais - Saúde
Estâncias termais - Lazer
Data de Defesa: 2012
Resumo: A ideia de surgir um complexo termal na aldeia do Granjal, em Santa Comba Dão, começou há uns anos atrás com um grupo de alunas, da Universidade da Beira Interior, através de um trabalho meramente académico, em que propunham a legalização de uma nova água mineral. Posteriormente, este trabalho foi apresentado ao Município de Santa Comba Dão, que agarrou a ideia e desenvolveu o projeto, começando a fase de prospeção e captação da água mineral sulfúrea, para poder ser legalizada, junto das entidades oficiais. Este projeto deu origem a uma tese de mestrado, realizada por uma das alunas que começou com esta ideia, que tinha como objetivo apresentar todos os elementos para a classificação de uma nova água mineral com fins termais, sendo esta sulfúrea com as características devidas para ser classificada como tal. Com o presente trabalho pretende-se apresentar uma proposta para o ordenamento do futuro espaço termal que poderá surgir no Granjal, bem como todo o corredor que faz a ligação entre a cidade de Santa Comba Dão e a aldeia do Granjal, onde se encontra atualmente a captação de água mineral, bem como demonstrar o potencial do local para um futuro investimento do complexo termal do Granjal. Assim, esta dissertação apresenta-se organizada em cinco capítulos. No primeiro “INTRODUÇÃO”, depois de um breve preâmbulo para enquadrar detalhadamente o tema, apresenta-se o objetivo, noções sobre a importância das termas no concelho de Santa Comba Dão, e ainda a metodologia e organização da dissertação. No segundo capítulo “RESENHA HISTÓRICA SOBRE O TERMALISMO E SITUAÇÃO EM PORTUGAL, depois da apresentação de alguns elementos históricos sobre o termalismo apresenta-se a situação de Portugal, para no fim do mesmo se clarificar alguns conceitos sobre o mesmo e em especial de acordo com a legislação portuguesa. No terceiro capítulo “ORDENAMENTO DO ESPAÇO TERMAL”, depois de se apresentarem alguns conceitos sobre o tema, apresentam-se os casos da Curia, Luso e de São Pedro do Sul. No capítulo quarto “PROPOSTA PARA AS TERMAS DO GRANJAL – SANTA COMBA DÃO”, depois de uma nota histórica sobre as termas do Granjal, sua caracterização, inclusive da captação, do recurso, do perímetro de proteção e área de concessão, apresentam-se no seguimento os principais elementos sobre planeamento para a zona de estudo (PDM, POAA, PPG) para no seguimento se apresentar a proposta de ordenamento do corredor “Sta Comba Dão – Granjal”. Por fim, no último capítulo “CONCLUSÕES”, tecem-se algumas considerações finais, com as principais conclusões e perspetivas futuras.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3514
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Sistemas de Informação Geográfica
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇÃO.pdf19,83 MBAdobe PDFVer/Abrir
ANEXOS.pdf14,13 MBAdobe PDFVer/Abrir
MAPA_1.pdf1,09 MBAdobe PDFVer/Abrir
MAPA_2.pdf2,3 MBAdobe PDFVer/Abrir
MAPA_3.pdf6,7 MBAdobe PDFVer/Abrir
MAPA_4.pdf211,85 kBAdobe PDFVer/Abrir
MAPA_5.pdf7,06 MBAdobe PDFVer/Abrir
MAPA_6.pdf3,06 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.