Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3540
Título: Modelação do escoamento subterrâneo do sector do rebeiro frio do sistema aquífero da Água Fonte da Fraga
Autor: Brito, Francisco Costa
Orientador: Gomes, Luís Manuel Ferreira
Palavras-chave: Águas subterrâneas - Aspectos hidrogeológicos
Aquíferos
Águas subterrâneas - Captação - Serra da Gardunha - Fonte da Fraga
Águas subterrâneas - Risco de poluição
Data de Defesa: 2011
Resumo: Os recursos hídricos subterrâneos assumem-se como um dos bens mais preciosos que a Sociedade tem. No sentido de os identificar, caracterizar e programar uma adequada exploração, é necessário conhecer com o maior rigor possível os sistemas aquíferos em que ocorrem. De maior exigência, que as águas subterrâneas comuns, são as águas de engarrafamento, sendo a Água Fonte da Fraga e em particular a explorada no Sector do Ribeiro Frio, um recurso que é captado, engarrafado e distribuído todos os dias para a mesa dos consumidores. Assim, é de todo o interesse, não só em termos de necessidades humanas, como inclusive em termos de saúde pública, conhecer com o máximo rigor o Sistema aquífero do Sector do Ribeiro Frio, em estudo na presente dissertação, de modo a garantir a exploração e a qualidade da água. Neste sentido desenvolve-se a presente dissertação, com o objectivo principal de modelar o escoamento subterrâneo da zona em estudo, com base no software FEFLOW, de modo a tirar partido do conhecimento a adquirir, para optimização da exploração do recurso, como também para certificar os sistemas de protecção e criar ainda mecanismos de defesa contra potenciais contaminações do recurso. Assim, este trabalho organiza-se em cinco capítulos. O primeiro apresenta o enquadramento do tema, os objectivos, a metodologia seguida e ainda algumas referências a estudos anteriores. O segundo capítulo, apresenta alguns aspectos e conceitos básicos sobre a Hidrogeologia, em particular vários métodos de definição de perímetros de protecção, dada a importância que se lhes atribui como mecanismos de defesa preventiva da qualidade da água. No terceiro capítulo, faz-se a caracterização da zona de trabalho nas várias vertentes necessárias à modelação, ocorrendo ainda a particularidade de no desenvolvimento do estudo se definir a localização de uma nova captação e respectivo perímetro de protecção. No quarto capítulo, explanam-se com detalhe as várias fases seguidas na modelação, desenvolvem-se as simulações finais com destaque para a distribuição das linhas de fluxo, evolução de plumas de contaminantes e a optimização de furos de protecção. Por fim, no quinto capítulo apresentam-se as principais conclusões e propõem-se alguns caminhos a seguir, no sentido de melhorar o conhecimento do sistema aquífero do Sector do Ribeiro Frio.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3540
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil - Geotecnia e Ambiente
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Final Francisco Brito.pdf12,09 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.