Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3544
Título: Gestão da pressão na modelação hidráulica e exploração de sistemas de distrubuição de água: introdução de válvulas redutoras de pressão
Autor: Tavares, Ioland de Pina
Orientador: Fael, Cristina Maria Sena
Palavras-chave: Modelação hidráulica
Modelação hidráulica - Gestão da pressão - Sistemas de distribuição de água
Modelação hidráulica - Válvulas redutoras de pressão
Sistemas de distribuição da água - Gestão da água
Data de Defesa: 2011
Resumo: A presente dissertação insere-se no domínio da modelação hidráulica e exploração de sistemas de abastecimento de água, aplicado ao caso prático da rede de distribuição de água da Freguesia de Verdelhos, onde 70% da água que sai do reservatório de distribuição não é facturada. Com o objectivo de minimizar o volume de água perdido na rede, e tendo em consideração que o sistema em causa se encontra completamente construído e em pleno funcionamento, a criação de um modelo computacional e a realização de uma gestão operacional da pressão, afiguram-se como objectos de extrema importância, permitindo à entidade gestora, através dos dados existentes no cadastro e sem prejudicar o normal fornecimento de água aos consumidores, estudar estratégias para redução das perdas reais de água. Para o presente caso de estudo, procedeu-se a construção de um modelo computacional da rede de distribuição da localidade de Verdelhos, com auxílio do simulador hidráulico Epanet 2.0. Na qual foram estudados diversos cenários de funcionamento da rede; realizou-se a calibração do modelo; realizaram-se ensaios de fuga ao longo da rede de Verdelhos (através da manipulação de boca-de-incêndio). A necessidade de efectuar-se ensaios de fugas, após calibração do modelo, advém da importância em assegurar que o mesmo representa fielmente as condições existentes no terreno, visto que ele servirá de base para a implantação no terreno de uma válvula redutora de pressão, com intuito de melhorar o desempenho hidráulico relativamente aos níveis de pressão e consequentemente à minimização das perdas físicas de água. Os resultados obtidos no modelo foram confrontados com leituras reais, facto que permiti afirmar que o processo de calibração foi realizado com êxito. As válvulas de controlo automático podem ser projectadas para os mais variados fins, destacando-se no presente trabalho, as redutoras de pressão visto serem um dispositivo fundamental na gestão operacional do controlo da pressão. O presente caso de estudo mostra que, nem sempre a melhor solução ao nível técnico (melhor desempenho hidráulico no que se refere aos níveis de pressão no sistema), coincide com a melhor solução do ponto de vista financeiro ou com o plano de gestão da rede definida pelas entidades gestoras.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3544
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Engenharia Civil
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese_Ioland Tavares.pdf2,91 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.