Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3556
Título: Custos adicionais de operação dos veículos devidos aos estado dos pavimentos
Autor: Guerra, João Carlos Simão
Orientador: Santos, Bertha Maria Batista dos
Palavras-chave: Sistema rodoviario -- Portugal
Rede rodoviária -- Custos dos utentes da estrada
Rede rodoviária -- Estado do pavimento -- Custos dos utentes
Rede rodoviária -- Degradação do pavimento -- Custos adicionais -- Avaliação
Data de Defesa: 2011
Resumo: Com a conjuntura económica muito fragilizada torna-se indispensável aperfeiçoar a estimação de todos os custos relacionados com o sistema rodoviário, incluindo portanto os custos dos utentes das estradas. Estes custos suportados pelos utentes são em geral de difícil quantificação e constituem uma componente muito importante dos custos do sistema rodoviário. Para quantificar os custos dos utentes foi desenvolvido em duas Universidades Portuguesas (Beira Interior e Coimbra), entre 2004 e 2008, um trabalho de doutoramento que resultou na criação de um Modelo de Custos dos Utentes das Estradas com aplicação à rede rodoviária nacional, permitindo a consideração desta componente nas análises de ciclo de vida efectuadas na rede rodoviária portuguesa. Este modelo permite a obtenção de custos médios dos utentes, sendo divididos nas parcelas dos custos de operação dos veículos, do tempo de percurso, dos acidentes e, quando aplicável, de portagem. O trabalho que aqui se apresenta pretende validar um refinamento proposto para o modelo anterior através da inclusão, nos cálculos do modelo, dos custos adicionais de operação dos veículos devidos à evolução no tempo das degradações dos pavimentos rodoviários, ou seja, devido ao estado do pavimento. São analisados e testados diversos modelos e estudos que consideram o estado dos pavimentos como um factor que pode influenciar os custos de operação dos veículos. Entre os modelos e estudos considerados na análise salientam-se a formulação proposta para o Sistema de Gestão de Pavimentos (SGP) da rede rodoviária portuguesa, o estudo desenvolvido pelo “Transportation Research Board” e pela “American Society for Testing and Materials” (TRB-ASTM), o modelo de custos dos utentes da Junta Autónoma de Estradas (JAE) e o modelo de custos dos utentes do Banco Mundial (HDM-4). O resultado da análise efectuada conduziu à verificação e validação da proposta de formulação considerada. Foi ainda realizada uma aplicação prática desta formulação a uma rede de auto-estradas concessionada, tendo-se obtido resultados que apontam para um custo adicional dos utentes de aproximadamente 3% para estados dos pavimentos que justifiquem operações de intervenção na rede. Este valor pode representar 6% de custo adicional para estados de degradação mais avançados.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3556
Designação: Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Civil
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
J.Guerra dissertação.pdf3,4 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.