Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3586
Título: Propriedades do betão auto-compactável com incorporação de agregados finos reciclados
Autor: Pinto, Hugo Alexandre Silva
Orientador: Oliveira, Luiz Antonio Pereira
Nepomuceno, Miguel Costa Santos
Palavras-chave: Betão auto-compactável
Betão auto-compactável - Propriedades
Betão auto-compactável - Adjuvantes
Betão auto-compactável - Reologia
Residuos de construção
Betão auto-compactável - Agregadis finos reciclados
Data de Defesa: 2011
Resumo: O betão auto-compactável (BAC) tem a capacidade de fluir no interior das cofragens, preenchendo-as e envolvendo as armaduras por acção do seu peso próprio, sem bloqueio dos agregados, mantendo-se homogéneo em todo o seu volume. A avaliação e a previsão do comportamento dos BAC implica o conhecimento das suas propriedades reológicas no estado fresco, através de estudos reológicos. Em termos ambientais, o BAC, quando comparado com o betão convencional vibrado, apresenta vantagens, tais como: ausência de ruído e de vibração durante a betonagem, facilidade de colocação em zonas de difícil acesso, diminuição do tempo de construção, redução da mão-deobra, maior liberdade na concepção estrutural e artística das estruturas de betão e, tudo isto, conjuntamente com uma óptima qualidade dos elementos betonados, uma alta impermeabilidade e maior durabilidade das estruturas. A possibilidade de utilização de agregados reciclados na composição do BAC contribui para o aumento do seu valor ecológico. Neste estudo, foram revistos alguns dos principais métodos de estudo na composição de BAC, nomeadamente, o método proposto pelo professor Okamura e seus colaboradores, o método proposto pela Sociedade Japonesa de Engenharia Civil (JSCE) e o método proposto pelo professor Nepomuceno. São também abordados aspectos relativos ao desenvolvimento do BAC, seus materiais constituintes e propriedades do betão fresco e endurecido. Através da revisão bibliográfica constatou-se que os métodos propostos por Okamura e seus colaboradores e pela JSCE são os mais generalizados pela sua simplicidade, apresentando, no entanto, algumas limitações. Em resultado da apreciação efectuada, entendeu-se que seria adequado utilizar o método de Nepomuceno para optimizar misturas de BAC com agregados finos reciclados. Com o objectivo de estudar as propriedades do BAC com a incorporação de agregados finos reciclados desenvolveu-se um programa experimental que incluiu, numa primeira fase, a produção e ensaio de 11 misturas binárias com percentagens sucessivamente crescentes de agregados finos. Posteriormente, foram ainda estudadas 6 misturas ternárias para o mesmo efeito. Nas misturas binárias a percentagem de substituição do agregado fino natural por agregado fino reciclado variou (em incrementos de 5%) desde os 0% na mistura de referência até aos 50%, enquanto nas misturas ternárias a percentagem de substituição do agregado fino natural por agregado fino reciclado variou (em incrementos de 10%) desde os 0% na mistura de referência até aos 50%. O estudo efectuado permitiu verificar que a perda de resistência à compressão das argamassas se acentua com o aumento da percentagem de substituição dos agregados finos naturais pelos agregados finos reciclados. No entanto, esta perda não é tão significativa que inviabilize a utilização destes agregados finos reciclados. Isto leva a acreditar que é viável a incorporação de agregados reciclados finos no BAC.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3586
Designação: Dissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de Mestre em Engenharia Civil
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
PINTO, Hugo- Propriedades do BAC com Incorporação de Agregados Finos Reciclados, UBI, 2011.pdf20,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.