Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3872
Título: Estudo dos estilos de vida dos adolescentes e a perceção da influência do marketing social
Autor: Vogado, Teresa
Orientador: Alves, Helena
Palavras-chave: Estilo de vida - Adolescentes
Estilo de vida - Adolescentes - Comportamentos de risco
Estilo de vida - Adolescentes - Marketing social
Serviços de saúde - Marketing
Enfermeiro - Promoção da saúde
Data de Defesa: 2012
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: O desenvolvimento saudável dos adolescentes é crucial para o bem-estar de qualquer sociedade. Muitos dos comportamentos que fazem parte dos estilos de vida dos adolescentes tais como (alimentação não equilibrada, ausência de atividade física, consumo de bebidas alcoólicas, tabaco e drogas ilícitas e comportamentos sexuais de risco) podem influenciar a sua saúde a curto, médio e longo prazo. Na área da saúde quando se pretende alterar comportamentos dos clientes direcionamo-nos para uma área particular do marketing, o marketing social. A sua influência é uma constante na nossa sociedade sem que o cidadão tenha isso consciencializado, ou seja o marketing social expressa-se no quotidiano de uma forma subtil e permanente. Podendo ser de grande utilidade para os profissionais de saúde na promoção de estilo estilos de vida saudáveis principalmente nos adolescentes, que devido ao seu crescimento e desenvolvimento físico, psíquico e social têm características peculiares. Os adolescentes estando muito mais suscetíveis a aderir à mudança de comportamentos e aos incentivos e ensinos provenientes do marketing social, hospitais, família, escolas, e sociedade. Como objetivos desta investigação destacam-se: identificar a existência de comportamentos de risco nos adolescentes que frequentam a consulta de adolescentes do Centro Hospitalar Médio Tejo – Unidade de Abrantes (CHMT-Abrantes) e analisar a perceção de campanhas de marketing social nos estilos de vida dos adolescentes. Os informantes chaves desta investigação foram os adolescentes dos 12 aos 18 anos que frequentam a consulta de adolescentes do Centro Hospitalar Médio Tejo-Abrantes. Constatou-se que a maioria dos adolescentes apresenta estilos de vida saudáveis e que um grupo menor assume ter comportamentos de risco. Foi exequível aferir que a maioria dos inquiridos tem uma perceção positiva dos anúncios de prevenção de comportamentos de risco. O marketing social revela-se uma abordagem essencial para a promoção de estilos de vida saudáveis e a médio longo prazo permite obter ganhos em saúde.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3872
Designação: Mestrado em Gestão de Unidades de Saúde
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Estudo dos Estilos de Vida Adolescentes Perceção da Influencia do Marketing Social.pdf2,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.