Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3932
Título: Optimização de branqueadores ópticos na colagem superficial
Autor: Ramos, Guida Cristina da Silva
Orientador: Ramos, Ana Maria
Palavras-chave: Branqueadores ópticos
Branqueadores ópticos - Colagem superficial
Tratamento de superficial - Colagem superficial
OBA'S - Transportadores - Polímeros
Data de Defesa: 2010
Resumo: A colagem superficial tem como principal objectivo melhorar as propriedades de superfície do papel, uma vez que a aparência do papel é um factor determinante no seu consumo. Uma das propriedades de superfície do papel com maior peso na sua comercialização é a brancura. Daí surgirem vários estudos no sentido de melhorar essa mesma propriedade óptica. Um dos interesses que está continuamente na actualidade da investigação do papel de impressão é o de aumentar os valores de brancura, uma vez que, este é um dos parâmetros de venda mais importante. Uma das formas de abordar este assunto é usar determinados produtos químicos no tratamento de superfície da colagem superficial. Um aumento da brancura do papel pode ser alcançado usando agentes branqueadores ópticos, vulgarmente denominados por OBA’s. Esses branqueadores, para terem maior eficácia devem ser usados em conjunto com determinados polímeros, conhecidos por transportadores. Os transportadores têm como principal função fixar o OBA às suas longas cadeias poliméricas ao mesmo tempo que se fixam com maior eficácia à superfície da folha de papel, melhorando a sua brancura. Os transportadores usados com mais frequência são o Álcool polivínilico (PVA), a Carboximetilcelulose (CMC). O PVA é referido por muitos investigadores como sendo o mais eficiente de todos os transportadores estudados (Kuraray Specialities Europe , 2008). O presente trabalho tem como objectivo principal estudar as variações de brancura do papel quando usados diferentes OBA’s e também diferentes transportadores no tratamento de superfície. Pretendendo verificar quais os OBA’s mais eficientes na colagem superficial, assim como, averiguar quais os melhores transportadores, isto é, aqueles que associados aos OBA’s conseguem originar melhores níveis de brancura. Os OBA’s derivados do estilbeno, são os mais utilizados na indústria papeleira e estão divididos em três tipos; dissulfónicos, tetrassulfónicos e hexassulfónicos. Neste trabalho foram testados os vários tipos de OBA’s usando sempre o mesmo papel base. O OBA do tipo dissulfónico testado foi o Tinopal UP, do tipo tetrassulfónico, foram usados o Tinopal ABP-Z e o Leucophor FTS, por último, do tipo hexassulfónico foram usados o Blankophor UWS e o Neucoblanc PSP. Verificou-se que o OBA que apresenta melhor desempenho na colagem superficial é do tipo hexassulfónico. Posteriormente foram testados vários transportadores conjuntamente com os OBA´s que produziram os papéis com melhores resultados de brancura após a colagem superficial. Os transportadores testados foram PVA, a CMC, o Agar e o Viviprint. Dos resultados obtidos com estes transportadores conclui-se que aquele que apresenta melhor eficiência na colagem superficial é o PVA. Pode igualmente verificar-se a eficiência do Agar como transportador, mas apenas a baixas concentrações devido á sua elevada viscosidade.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3932
Designação: Mestrado em Química Industrial
Aparece nas colecções:FC - DQ | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Optimização de Branqueadores Ópticos na Colagem Superficial.pdf2,94 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.