Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/3936
Título: Oxidação de corantes têxteis através de Ozono
Autor: Fernandes, Luís Roberto Páscoa
Orientador: Simões, Rogério
Gomes, Arlindo
Palavras-chave: Indústria têxtil - Poluição
Indústria têxtil - Corantes
Oxidação de efluentes - Ozono
Oxidação de corantes - Indústria têxtil - Ozono
Data de Defesa: 2010
Resumo: A velocidade e a eficiência da remoção de cor em corantes através de tratamentos com ozono, ou usando métodos avançados de oxidação envolvendo ozono, têm usualmente sido estudadas em sistemas heterogéneos, gás-líquido, onde a reacção química e a transferência de massa ocorrem em simultâneo. Dada a amplamente referida elevada velocidade de reacção do ozono com os corantes, o processo global é controlado pela velocidade de transferência do ozono da fase gasosa (ozono/oxigénio) para a fase líquida aquosa, onde tem lugar as reacções conducentes à remoção de cor. No seguimento de estudos anteriores, onde se comprovou a elevada velocidade de reacção, no presente trabalho operou-se em fase homogénea, partindo de soluções aquosas saturadas com ozono, fazendo-as reagir com a solução do corante. Num trabalho anterior verificou-se a elevada velocidade de reacção do ozono com várias classes de corantes, operando essencialmente a pH ácido e na presença de varredor de radicais, de forma a minimizar a produção de radicais, estudando essencialmente a acção do ozono molecular. Com o presente trabalho pretendeu-se estudar o efeito do pH do meio sobre a velocidade e a eficiência de remoção de cor do sistema reaccional, neste caso constituído por ozono molecular e radicais hidroxilo, para além do corante. Operando com soluções tampão, verificou-se um aumento acentuado da velocidade de remoção de cor com o aumento do pH na gama 2— 10. Simultaneamente assiste-se a uma perda de eficiência de remoção de cor do sistema reaccional, já que há aumento da quantidade de ozono necessário para obter uma determinada remoção de cor. Este resultado é compatível com a elevada participação na reacção dos radicais hidroxilo, produzidos por decomposição do ozono molecular e outras reacções secundárias, que são muito menos selectivos, atacando indiscriminadamente diversas estruturas químicas, baixando a eficiência de remoção de cor. Resultados preliminares relativos à influência da presença de sal (NaCl) no meio sugerem que há uma perda adicional da eficiência do ozono.
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/3936
Designação: Mestrado em Química Industrial
Aparece nas colecções:FC - DQ | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Oxidação de Corantes Têxteis Através de Ozono.pdf1,08 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.