Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/4207
Título: Como amar um assassino? Mecanismos de empatia em Badlands, de Terrence Malick
Autor: Mancelos, João de
Palavras-chave: Empatia
Badlands
Terrence Malick
Cinema de gangsters
Data: 2016
Editora: Associação de Investigadores da Imagem em Movimento
Citação: Mancelos, João de. “Como amar um assassino? Mecanismos de empatia em Badlands, de Terrence Malick". Atas do V Encontro Anual da AIM. Ed. Sofia Sampaio, Filipe Reis, e Gonçalo Mota. Lisboa: AIM, 2016. 310-319. ISBN: 978-989-98215-4-5.
Resumo: Badlands (1973), escrito e realizado por Terrence Malick, baseia-se na história real de Charlie Starkweather, um assassino em série, e de Caril Ann Fugate, a sua namorada. No filme, estes surgem ficcionalizados como Kit Carruthers e Holly Sargis, dois jovens que causam um morticínio, durante a sua fuga, rumo às Badlands, de Montana. Estranhamente, subvertendo o que seria expectável, a audiência empatiza com o assassino e a sua cúmplice. Em geral, este tipo de laço apenas ocorre quando o público sente admiração, pena ou familiaridade com os intervenientes. Como se explica, pois, a empatia em Badlands? Neste artigo, analiso os mecanismos que Malick empregou: simpatia pelo amor proibido entre os dois jovens; paralelo entre Kit e a figura mítica do fora-da-lei; ligação entre os protagonistas e a paisagem, etc.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/4207
ISBN: 978-989-98215-4-5
Versão do Editor: http://aim.org.pt/atas/Atas-VEncontroAnualAIM.pdf
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Documentos por Auto-Depósito

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
comoamarumassassino.pdf476,61 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.