Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/4415
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorTeixeira, Zélia Maria da Silva Serrasqueiro-
dc.contributor.authorFernandes, António Borges-
dc.date.accessioned2017-04-20T10:40:40Z-
dc.date.available2017-04-20T10:40:40Z-
dc.date.issued2013-10-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.6/4415-
dc.description.abstractNo presente trabalho de investigação pretendeu-se analisar a importância dos benefícios fiscais para as empresas do interior de Portugal. O objetivo principal assentou em verificar se os benefícios fiscais à interioridade produziram algum efeito nas empresas do interior de Portugal. Inicialmente analisou-se a importância das medidas de apoio ao desenvolvimento e ao crescimento económico de uma região, nomeadamente das regiões pertencentes à NUT III: Alto Trás-os-Montes, Ave, Douro, Tâmega, Beira Interior Norte, Beira Interior Sul, Cova da Beira, e Dão Lafões. Para tal, foram consideradas diversas medidas de apoio, para as regiões em estudo, atraírem empresas em resultado da crescente mobilidade internacional. Teve-se por base a Lei n.º 171/99 de 18 de Setembro, criada para combate à desertificação humana e empresarial das zonas do interior de Portugal. Com base na revisão e sistematização da literatura, foram construídos e incluídos nas hipóteses de investigação indicadores que estão na base do processo dos benefícios fiscais à interioridade, nomeadamente a dimensão da empresa, o setor de atividade, a região, a rendibilidade e o técnico oficial de contas. Recorrendo à técnica estatística da análise de equações estruturais, foi analisado o efeito dos benefícios fiscais à interioridade no crescimento e na performance das empresas nas regiões economicamente mais desfavorecidas. A evidência empírica permitiu comprovar a existência de diferenças, estatisticamente significativas, na utilização dos benefícios fiscais à interioridade, em função da dimensão da empresa, do setor de atividade, da região, da rendibilidade e do técnico oficial de contas. Concluiu-se, também, que existe um efeito direto e positivo, para a globalidade das empresas, dos benefícios fiscais à interioridade na performance e no crescimento das empresas. Todavia, o efeito direto e positivo obtido apresentou um valor fraco.pt_PT
dc.description.abstractThe purpose of the current study is to analyze the importance of tax benefits for the companies in the interior regions of Portugal. The main objective was to verify if the tax benefits have effects on companies in the interior of Portugal. Initially, it is analyzed the importance of supporting measures to the development and economic growth of one geographical area, in particular the regions that belong to the NUT III: Alto Trás-os-Montes, Ave, Douro, Tâmega, Beira Interior Norte, Beira Interior Sul, Cova da Beira and Dão Lafões. For this, several supporting measures are considered for those regions under study, in order to attract companies, as a result of the increased international mobility. On the basis of the current study, it is the Portuguese Law nº 171/99 of 18 September, created to reduce the human and business desertification of the interior of Portugal. Based on the review of the literature, several indicators were built and included in the research hypotheses that are on the basis of the process of tax benefits to interiority, specially firm size, sector of activity, region, profitability and accountant. It has also analyzed the effect of the tax benefits to the interior regions on growth and performance of businesses, in economically disadvantaged regions, using the statistical technique of structural equation analysis. The empirical evidence allowed us to identify differences statistical significant for the use of tax benefits to interiority, depending on companies’ size, sector of activity, region, profitability and accountant. For the companies in general, we also conclude that there is a direct and positive effect, between the tax benefits to interiority and the performance growth of the companies. However, the direct and positive effect obtained, presents a weak value.pt_PT
dc.language.isoporpt_PT
dc.rightsopenAccesspt_PT
dc.subjectPolítica económica - Benefícios fiscais - Portugalpt_PT
dc.subjectPolítica regional - Benefícios fiscais - Portugalpt_PT
dc.subjectDesenvolvimento regional - Benefícios fiscais - Portugalpt_PT
dc.subjectPequenas e médias empresas - Competitividadept_PT
dc.titleA Importância dos Benefícios Fiscais para as Empresas do Interior de Portugalpt_PT
dc.typedoctoralThesispt_PT
thesis.degree.nameDoutoramento em Gestãopt_PT
dc.identifier.tid101384742-
dc.subject.fosDomínio/Área Científica::Ciências Sociais::Economia e Gestãopt_PT
Aparece nas colecções:FCSH - DGE | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
tese-Defendida.pdf2,81 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.