Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/760
Título: Síndrome de apneia-hipopneia obstrutiva do sono
Autor: Carvalho, Vanessa Mafalda Araújo
Palavras-chave: Síndrome de apneia-hipopneia obstrutiva do sono - Factores de risco
Síndrome de apneia-hipopneia obstrutiva do sono - Fisiopatologia
Síndrome de apneia-hipopneia obstrutiva do sono - Diagnóstico
Síndrome de apneia-hipopneia obstrutiva do sono - Tratamento
Síndrome de apneia obstrutiva do sono
Síndrome de apneia-hipopneia obstrutiva do sono
Data de Defesa: Jun-2008
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: A Síndrome de Apneia/Hipopneia Obstrutiva do Sono apresenta actualmente uma elevada prevalência entre a população adulta, assim como diversas complicações inerentes a esta que aumentam a morbilidade e mortalidade dos pacientes que padecem desta patologia. Esta síndrome caracteriza-se pelo repetido estreitamento ou colapso das vias aéreas superiores durante o sono. A obstrução é causada pelo colapso do palato mole e/ou da base da língua contra as paredes faríngeas devido à diminuição do tónus muscular, encontrando-se predispostos os indivíduos que apresentam factores de risco para a ocorrência desta situação. Estes episódios acompanham-se essencialmente de hipoxémia, aumento da pressão arterial, despertares frequentes durante o sono e ressonar pronunciado. Indivíduos com a doença oculta encontram-se sob elevado risco de co-morbilidades médicas associadas e acidentes de viação devido à sonolência excessiva. A história médica de pacientes com SAHOS, inclui normalmente sonolência diurna, ressonar, hipertensão arterial sistémica e diabetes mellitus. Os achados clínicos comuns incluem o sexo masculino, obesidade, aumento da circunferência do pescoço, deposição excessiva de gordura no palato e faringe, macroglossia, palato mole longo, mandíbula e maxilar pequenos. Encontram-se disponíveis diversos exames complementares, sendo o registo polissonográfico nocturno o que fornece o diagnóstico definitivo. No entanto, estão a emergir novos métodos que pretendem fornecer a mesma fiabilidade e de mais simples execução. Relativamente ao tratamento, existem actualmente várias modalidades, tanto comportamentais, como clínicas e cirúrgicas que devem ser individualizadas e criteriosamente seleccionadas para a situação clínica de cada paciente. O prognóstico desta síndrome vai depender sobretudo do correcto diagnóstico e instauração atempada do tratamento mais adequado.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/760
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Síndrome de Apneia Hipopneia Obstrutiva do Sono.pdf2,63 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.