Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/852
Título: Síndrome do intestino irritável : observação ultra-sonográfica, aspectos psicológicos e qualidade de vida
Autor: Ribeiro, Catarina Soares
Palavras-chave: Síndrome do intestino irritável
Síndrome do intestino irritável - Qualidade de vida
Síndrome do intestino irritável - Aspectos psicológicos
Síndrome do intestino irritável - Ultrassonografia
Data de Defesa: Mai-2010
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: O Síndrome do Intestino Irritável constitui um dos distúrbios gastrointestinais mais comuns. À semelhança de outras doenças crónicas, a redução da qualidade de vida destes doentes tem sido documentada, bem como o papel da interacção entre factores psicológicos e alterações da motilidade intestinal na patofisiologia deste síndrome. A avaliação do cólon através da ultra-sonografia tem sido sugerida por alguns estudos na abordagem dos pacientes com esta patologia. A presente investigação visa observar, através do recurso à ultra-sonografia abdominal, os padrões de motilidade intestinal em pacientes com critérios de Roma III para síndrome do intestino irritável, bem como documentar os respectivos níveis de ansiedade, depressão, stress e qualidade de vida. Para tal, desenvolveu-se um estudo tipo série de casos, com base numa amostra de conveniência. Esta foi constituída por pacientes com dor ou desconforto abdominal e/ou alteração dos hábitos intestinais, referenciados para realização de ecografia abdominal no serviço de gastrenterologia do HAL, no período decorrente entre Dezembro de 2009 e Março de 2010. Os resultados obtidos não evidenciam um compromisso da qualidade de vida, avaliada através da versão abreviada do World Health Organization Quality of Life (WHOQOL-Breef), nem demonstram comorbilidade psicológica significativa quando efectuada a avaliação do estado emocional com base na Escala de Ansiedade, Depressão e Stress (EADS-21). No que respeita às observações obtidas através da ultra-sonografia abdominal, todos os participantes apresentam imagens sugestivas de motilidade intestinal alterada, sendo a mais comum a que traduz um padrão de “estase do cólon ascendente e transverso”. A reduzida dimensão da amostra é um factor limitante do estudo pelo que outros estudos serão necessários para avaliar o papel da ultra-sonografia abdominal na abordagem dos doentes com sintomas positivos para SII.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/852
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Síndrome do intestino irritável.pdf770,98 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.