Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/863
Título: A relevância da biopsia no diagnóstico da patologia do sistema nervoso periférico : estudo de 18 casos clínicos
Autor: Xavier, Mara Cristina Rodrigues
Palavras-chave: Sistema nervoso periférico - Meios complementares de diagnóstico
Sistema nervoso periférico
Sistema nervoso periférico - Electroneuromiografia
Miopatia
Neuropatia
Data de Defesa: Mai-2010
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Introdução O recurso à biopsia de nervo ou músculo, à electroneuromiografia e a exames analíticos é importante no processo de diagnóstico das patologias do Sistema Nervoso Periférico, nomeadamente miopatias e neuropatias. Tais exames possuem características diferentes e oferecem perspectivas igualmente distintas, muitas vezes decisivas para o correcto diagnóstico destas patologias. Objectivo O objectivo deste trabalho consistiu em saber se os resultados da biopsia de nervo ou músculo se correlacionavam com a hipótese clínica de diagnóstico e/ou com o resultado da electroneuromiografia, num grupo de doentes com patologia do Sistema Nervoso Periférico. Materiais e Métodos Foi realizado um estudo de casos, do qual fizeram parte 18 indivíduos que realizaram biopsia de nervo ou músculo entre os anos de 2003 e 2007, solicitada pelo Hospital Pêro da Covilhã. Os dados foram recolhidos entre Abril e Julho de 2009, através dos processos clínicos em papel e do Sistema de Apoio ao Médico e colocados em bases de dados. O tratamento desses dados foi realizado através dos programas informáticos Microsoft Excel e SPSS Statistics 17.0. Resultados A amostra era maioritariamente do sexo masculino (67%), com idades compreendidas entre os 22 e os 72 anos. Os sinais e sintomas mais evidentes consistiam na força diminuída (72%), nas alterações da sensibilidade (67%) e dos reflexos (39%) e no cansaço (50%). A miopatia era a hipótese de diagnóstico em 78% da amostra. As biopsias e electroneuromiografias mostraram diferentes percentagens de resultados anormais (39% e 92%, respectivamente). A baixa percentagem de biopsias anormais resultou num número baixo de casos (7 em 18) em que o resultado da biopsia coincidiu com a hipótese de diagnóstico. Igualmente baixo foi o número de casos (6 em 13) em que o resultado da biopsia foi coincidente com o resultado da electroneuromiografia. O teste do qui-quadrado, confirmado pelo rácio de verosimilhança (likelihood ratio), para os dados relativos à miopatia não revelou associação estatisticamente significativa entre o resultado da biopsia e a hipótese de diagnóstico. O estudo revelou uma associação estatisticamente significativa entre o resultado da biopsia e o resultado da electroneuromiografia, embora tal associação deva ser interpretada com cuidado. Conclusões Neste grupo de doentes, o resultado da biopsia não mostrou associação estatisticamente significativa com a hipótese de diagnóstico, tendo os resultados da biopsia coincidido com a hipótese de diagnóstico em 7 de 18 doentes. O resultado da biopsia mostrou associação estatisticamente significativa com o resultado da electroneuromiografia, embora os resultados de ambos os exames tenham sido coincidentes em apenas 6 de 13 doentes (3 com miopatia; 3 com neuropatia). Este estudo sugere que a biopsia de nervo ou músculo deve ser vista como meio complementar de diagnóstico da patologia do Sistema Nervoso Periférico, não sendo suficiente por si só para o diagnóstico final.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/863
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Dissertação de Mestrado - Mara Xavier.pdf1,1 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.