Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/887
Título: O termalismo e a rinossinusite crónica: um estudo observacional nas termas de Unhais da Serra
Autor: Belino, Carolina Lã
Palavras-chave: Rinossinusite crónica - Tratamento termal
Rinossinusite crónica - Tratamento - Avaliação qualidade de vida
Termalismo - Águas sulfúreas sódicas - Termas de Unhais da Serra
Data de Defesa: Jun-2011
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: Com esta investigação, pretendeu-se avaliar, qualitativamente, o impacto da terapia termal na percepção da severidade da sintomatologia da rinossinusite crónica (RC), investigando a relação entre os efeitos do termalismo: na sintomatologia principal, capacidade funcional dos termalistas (classe funcional), recurso ao médico e à medicação para tratamento da RC. Pretende-se também investigar se o tratamento termal poderá ser promissor na diminuição das despesas financeiras associadas à RC. As Termas de Unhais da Serra (TUS) foram escolhidas para este estudo pela sua localização geográfica e pelas propriedades sulfúreas das suas águas. O estudo é observacional, ecológico, longitudinal e comparativo, tendo-se baseado na observação clínica e na aplicação de um questionário de auto-resposta a termalistas seleccionados das TUS que realizaram 14 dias de tratamento termal no período entre Maio e Setembro de 2010. O questionário foi constituído por 2 secções principais: dados sóciodemográficos e avaliação da qualidade de vida. Esta última subdividiu-se em 7 subsecções: avaliação dos sintomas, recurso a um especialista médico, uso de medicação para tratamento da RC, avaliação funcional, avaliação global do doente e do médico e comentários. A recolha de dados ocorreu em quatro momentos temporais diferentes: antes do tratamento, final do tratamento (14 dias) e 3 e 6 meses após o tratamento, com uma duração total de 11 meses. Os resultados foram analisados no programa estatístico PASW versão 18 para Windows e admitiram-se dois níveis de significância estatística: p <0,01 e p <0,05. As alterações verificadas durante o seguimento foram sempre comparadas com os valores de base (antes do tratamento). No geral, a evolução dos parâmetros avaliados foi positiva e ocorreram modificações significativas no final do tratamento e 3 e 6 meses após o tratamento, com predomínio no último período. A análise estatística baseada nos coeficientes de Spearman demonstrou que a grande maioria dos parâmetros apresentou uma associação negativa de fraca intensidade com o tempo e só 20% possuíam relações significativas. Os resultados sugerem que o tratamento termal com águas sulfúreas sódicas poderá constituir uma terapia eficaz a longo prazo no tratamento da RC, com redução das despesas financeiras associados a esta patologia. Futuros estudos científicos nesta área poderão confirmar se o tratamento termal poderá constituir uma alternativa terapêutica eficaz e económica para a RC.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/887
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TESE CAROLINA BELINO.pdf2,95 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.