Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/943
Título: Estudo da influência da idade dos fibroblastos em cultura na resposta ao 17ß-estradiol
Autor: Jacob, Verónica Pereira
Palavras-chave: Fibroblastos
Fibroblastos NHDF
Fibroblastos NHDF - E2 - Estudo
Data de Defesa: Out-2011
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: A cultura de células apresenta nos dias que correm uma importância indubitável, tratando-se de uma ferramenta de estudo frequentemente utilizada em várias áreas de investigação das Ciências da Saúde. Os fibroblastos compreendem uma população de células heterogénea e dinâmica, amplamente distribuída pelos tecidos conjuntivos dos vertebrados, onde desempenham funções fulcrais na regulação estrutural e fisiológica dos tecidos. Por serem parte integrante da pele humana, apresentarem características favoráveis ao estabelecimento de culturas e por expressarem receptores específicos para neurotransmissores e hormonas, particularmente, receptores de estrogénio, os fibroblastos da derme humana, da linha celular NHDF, constituem um possível modelo de estudo da resposta ao 17β-estradiol (E2). O principal objectivo deste trabalho consistiu no estudo da influência das passagens celulares, de culturas de fibroblastos NHDF, na resposta ao E2. Simultaneamente, também foi averiguada a interferência de diferentes condições de cultura na proliferação celular estimulada por estrogénio. Este estudo foi realizado em passagens celulares contíguas de fibroblastos NHDF, que foram expostos ao E2 por períodos de incubação crescentes (0, 48, 96 e 144 horas), na presença de meios de cultura diferentes na sua suplementação, nomeadamente: meio de cultura suplementado com 10 % de soro bovino fetal (FBS); meio de cultura sem FBS; e meio de cultura suplementado com 5% de FBS tratado com carvão activado. Para a quantificação da resposta dos fibroblastos ao E2 foi utilizado o ensaio de viabilidade celular baseado na redução do brometo de 3- (4,5-dimetil-2-tiazolil)-2,5-difenil-2H-tetrazólio (MTT), juntamente com o ensaio de exclusão de trypan blue. Os resultados obtidos confirmam a influência das condições de cultura e da passagem celular nos estudos de resposta dos fibroblastos NHDF ao E2. Apenas foi verificada reprodutibilidade entre a resposta de quatro passagens celulares contíguas, quando os fibroblastos foram incubados por um período de 48 horas em meio suplementado com FBS. Adicionalmente, também foi este o meio de cultura onde se verificou existir maior correspondência entre os valores de absorvência de MTT e o número de células contabilizado. Por outro lado, somente foi visível uma proliferação significativa (P<0,05) dos fibroblastos em resposta à presença de E2 quando estes foram incubados em meio com FBS por 96 horas. Uma vez que os melhores resultados foram obtidos nas culturas incubadas em meio com FBS, sugere-se que, através do ajuste do número de células com que se iniciam os estudos de resposta a estrogénios, poderá ser alcançado um equilíbrio entre a reprodutibilidade e sensibilidade demonstrada neste meio. Ainda assim, propõe-se que num procedimento ideal todas as experiências de um mesmo estudo deveriam ser efectuadas em células da mesma passagem.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/943
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.