Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/961
Título: Lipofuscinose ceróide neuronal juvenil : da teoria à prática clínica : estudo de dois casos clínicos
Autor: Matas, Andreia Filipa Moreira Rodrigues
Palavras-chave: Lipofuscinose ceróide neuronal - Jovens
Doença de Batten
Lipofuscinose ceróide neuronal - Tratamento
Lipofuscinose ceróide neuronal - Evolução clínica
Lipofuscinose ceróide neuronal - Prevenção
Lipofuscinose ceróide neuronal - Diagnóstico
Data de Defesa: Mai-2009
Editora: Universidade da Beira Interior
Resumo: As Lipofuscinoses Ceróides Neuronais, também designadas colectivamente por Doença de Batten, constituem um grupo de doenças neurodegenerativas, clínica e geneticamente heterogéneas, caracterizadas pela deposição de lipopigmento autofluorescente nos neurónios e noutros tipos de células. Estima-se que a sua incidência a nível mundial varie entre 0,71/100 000 e 8/100 000, sendo a maior prevalência registada nas populações do Norte da Europa. Em Portugal, a prevalência global na população é de cerca de 1.55 em cada 100 000 nados vivos; a forma juvenil de Lipofuscinose Ceróide Neuronal é a mais frequente, representando 42,3% dos doentes portugueses que sofrem de Lipofuscinose Ceróide Neuronal. A Lipofuscinose Ceróide Neuronal Juvenil é uma doença neurodegenerativa clinicamente caracterizada por perda de visão, epilepsia, deterioração motora e cognitiva e distúrbios psiquiátricos e comportamentais. O diagnóstico de Lipofuscinose Ceróide Neuronal Juvenil é difícil devido à multiplicidade de sintomas que lhe estão associados e à raridade da doença, sendo este raramente feito precocemente. O tratamento constitui um verdadeiro desafio e exige conhecimento acerca das várias vertentes da doença e perícia por parte do clínico. Na ausência do conhecimento exacto da fisiopatologia da doença, muitos fármacos têm sido experimentados com resultados variáveis, não existindo, até ao momento, uma cura. Apesar de actualmente as investigações se centrarem fundamentalmente na procura de uma potencial cura para e no alívio sintomático destes doentes, é importante não esquecer as implicações sócio-económicas associadas. Esta dissertação parte da investigação alargada da literatura científica acerca da Lipofuscinose Ceróide Neuronal Juvenil e da investigação dois casos clínicos exemplificativos do curso clínico da doença, das dificuldades diagnósticas e terapêuticas associadas a esta patologia, assim como o seu impacto social e familiar, para traçar orientações na forma de algoritmos diagnósticos e terapêuticos que possam úteis na prática clínica.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/961
Aparece nas colecções:FCS - DCM | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Mestrado Final.pdf2,58 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.