Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/2218
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorVirtudes, Ana Lídia-
dc.contributor.authorLoureiro, Vânia Raquel Teles-
dc.date.accessioned2014-09-05T10:13:41Z-
dc.date.available2014-09-05T10:13:41Z-
dc.date.issued2011-
dc.date.submitted2011-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.6/2218-
dc.description.abstractA informalidade arquitectónica e urbanística dos assentamentos urbanos, dado o crescimento exponencial e constante, é uma realidade cada vez mais comum nas cidades de todo o mundo. Sendo que o espaço informal, neste contexto se refere ao espaço aleatório e precário no seu sentido mais actual, quase (ou) sempre ilegal, que surge em diferentes partes da cidade, integrando-se (na maioria das vezes) na malha urbana. A forma como esta problemática é abordada (pela total destruição material e social) não comporta o cuidado e a valorização necessárias à maior parte das intervenções nestes espaços, principalmente quando aliada às intervenções que deslocam as populações para zonas de habitação social periféricas ou simplesmente distantes e para edifícios cujas tipologias são completamente distintas das ruas residências. A abordagem à arquitectura vernacular e à valorização do património popular surge, nesta dissertação, como forma de provar a importância destes espaços informais através de associações e comparações entre os conceitos, que se verdadeiramente semelhantes. Se a arquitectura popular ou vernacular merece a designação de património certamente que o espaço informal, no contexto aqui referido, não se distanciará muito do mesmo valor cultural e deverá ser abordado dessa forma. Através de um estudo de caso que se pode classificar em ambos os campos, o aglomerado de casas e cais Avieiros na Póvoa de Santa Iria no concelho de Vila Franca de Xira, pretende-se mostrar, com uma abordagem projectual e análise prévia, a importância da regeneração do espaço informal a partir do seu valor cultural e social. Pretende-se deixar clara a proximidade entre o espaço informal e vernacular e sugerir novas perspectivas de actuação ao nível da regeneração do espaço urbano.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectArquitectura informalpor
dc.subjectProjecto de regeneraçãopor
dc.titleDa arquitectura vernacular à informalidade contemporânea dos assentamentos : os avieiros da Póvoa de Santa Iria: projecto de regeneraçãopor
dc.typemasterThesispor
thesis.degree.disciplineArquiteturapor
thesis.degree.levelMestrepor
thesis.degree.nameDissertação apresentada à Universidade da Beira Interior para a obtenção do grau de mestre em Arquitecturapor
Aparece nas colecções:FE - DECA | Dissertações de Mestrado e Teses de Doutoramento



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.