Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/4155
Título: À Mesa da Vida. Comunidade e comensalidade em Michel Henry
Autor: Rosa, José Maria Silva
Palavras-chave: Michel Henry
Teologia Narrativa
Comunidade
Comensalidade
Jesus e Madalena
Fenomenologia da Vida
Data: 15-Dez-2013
Editora: Centro de Estudos Clássicos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa
Citação: ROSA, José Maria Silva, «À Mesa da Vida. Comensalidade e Comunidade, lugares de relação em M. Henry», in Maria Cristina Pimentel, Paulo Farmhouse Alberto (eds.), Vir bonus peritissimus aeque. Estudos de homenagem a Arnaldo do Espírito Santo, Lisboa, Centro de Estudos Clássicos, 2013, pp. 1035-1045
Resumo: Uma das mais recentes propostas de leitura dos textos bíblicos, em especial dos evangelhos, a chamada teologia narrativa, apresenta a comunidade e a comensalidade como lugares privilegiados de revelação e de relação evangélicas. Foi à mesa, durante as refeições, que Jesus proferiu algumas das suas mais significativas palavras e teve gestos absolutamente reveladores da Vida superabundante em que vivia. Foi também à mesa que operou a inversão entre uma hospitalidade formal, exterior e protocolar, de um fariseu como Simão (Lc 7, 36-50), gestos sociais exangues da vida, e a hospitalidade vital e originária das lágrimas e dos perfumes de Maria Madalena, ajoelhada aos pés dessa mesma mesa. E foi ainda à mesa – será preciso recordá-lo? – no pathos da Última Ceia, que Jesus enlaçou num único e mesmo logos de vida quer a narrativa de uma comunidade escatológica quer as realidades vitais por excelência do pão e do vinho de todos os dias: «Tomai e comei todos…; tomai e bebei todos…; fazei isto em memória de mim». É para nós significativa a comum orientação (apesar de tudo o que as separa, pois não ignoramos as críticas de Michel Henry às pretensões da Teologia Filosófica) entre «Palavras de Cristo»; e «Encarnação. Para uma Filosofia da Carne», leu ele próprio ainda mais radicalmente os evangelhos, muito em particular o evangelho de São João. M. Henry vê aí, 'in actu exercito', por antecipação e em abundância, o cumprimento da inversão da Filosofia tradicional, na sua matriz fenomenológica grega e husserliana.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/4155
ISBN: 978-972-9376-29-0
Versão do Editor: http://www.fl.ul.pt/cec
Aparece nas colecções:ICI - LabCom. IFP | Documentos por Auto-Depósito
FAL - DCA | Documentos por Auto-Depósito

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2013 - À Mesa da Vida ... In Vir Bonus peritissimus aeque - V1.pdf545,3 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.