Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/4356
Registo completo
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.authorCanavilhas, João Manuel Messiasen_US
dc.date.accessioned2016-08-29T13:39:45Z-
dc.date.available2016-08-29T13:39:45Z-
dc.date.issued2015en_US
dc.identifier2179-6033en_US
dc.identifier.citationCanavilhas, João. O lugar do esporte na rádio: estudo de caso no Brasil e em Portugal, Rádio-Leituras, 6, 2, 153-172, 2015.en_US
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10400.6/4356-
dc.description.abstractrádio e o esporte, especialmente o futebol, têm uma longa história de sucesso em comum. Apesar do aparecimento da televisão, esta ligação manteve-se forte ao longo das últimas décadas, tendo até sido reforçada graças às novas potencialidades que a Internet ofereceu à rádio. Mas em que medida estas alterações tiveram algum impacto na relação entre a rádio e o esporte? Este estudo visa clarificar qual espaço ocupado pelos conteúdos esportivos na programação e nos sites das rádios do Brasil e de Portugal, procurando ainda verificar a importância do futebol na oferta de notícias esportivas. Para isso, foram analisadas duas rádios brasileiras (Gaúcha e CBN) e duas portuguesas (TSF e Renascença). Entre os vários jornalismos especializados, o esportivo é, provavelmente, aquele que mais interfere com a paixão da audiência. A natureza tribal do fenômeno, como diz Morris (1982) referindo-se ao futebol, transforma cada jogo numa espécie de batalha estilizada em que os atletas disputam troféus em representação de grupos identificados por cores e símbolos que os distinguem do adversário. O esporte é assim, um campo onde o indivíduo procura o aconchego da comunidade simbólica em que se revê, integrando-se entre pares que partilham as suas convicções. A mídia não poderia ignorar um fenômeno desta natureza pela força que tem na sociedade, mas também porque, contrariamente ao que acontece noutros campos em que vários grupos competem pela vitória (ex. política), o ritual desportivo tem uma periodicidade semanal, gerando matéria para um grande volume de notícias de interesse geral. Entre todos os esportes, o futebol é aquele que tem uma expressão verdadeiramente global sendo, por isso, aquele que mais paixões, e milhões, move no mundo. Não é por isso de estranhar que ocupe igualmente maior espaço na mídia esportiva, seja na imprensa, na rádio, na televisão ou na Internet. Este trabalho incide particularmente sobre o caso da rádio: se procura perceber que espaço ocupa o esporte neste meio, seja na sua versão tradicional (hertziana) seja na versão online. A ideia geral é que o esporte ocupa hoje um lugar idêntico ao das restantes editorias presentes, mas que a distribuição de notícias pelas várias modalidades não é simétrica. Sabe-se que o futebol ocupa um lugar preponderante, mas se desconhece o seu dentro da editoria de esportes. Para isso, o trabalho começa por abordar o conceito de jornalismo especializado, particularizando o caso do futebol. Seguidamente analisa o caso da rádio, nos formatos tradicional e na Web, procurando afunilar a investigação para o meio estudado. Na parte metodológica é explicada a forma como decorreu a investigação, seguindo-se a análise dos resultados. As conclusões confirmam as hipóteses de partida: o esporte tem um lugar de realce na rádios brasileiras e portuguesas, destacando-se o futebol como modalidade que domina os programas/conteúdos existentes nas versões hertzianas e nas notícias publicadas nos sites.-
dc.language.isopor-
dc.rightsopenAccess-
dc.subjectRádio-
dc.subjectJornalismo Especializado-
dc.subjectWebjornalismo-
dc.subjectJornalismo Esportivo-
dc.titleO lugar do esporte na rádio: estudo de caso no Brasil e em Portugalen_US
dc.typearticle-
dc.date.updated2016-08-19T11:06:14Z-
Aparece nas colecções:ICI - LabCom. IFP | Documentos por Auto-Depósito

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ARTIGO_O lugar do esporte na rádio.pdf727,95 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.