Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/6241
Título: Muitos são os mundos - dois ou três os amores: amor sui, amor mundi, amor Dei
Autor: Rosa, José Maria Silva
Palavras-chave: Santo Agostinho
Mundo
Amor
Caritas
Dilectio
Maniqueísmo
Data: Dez-2005
Editora: ISTA - Instituto São Tomás de Aquino
Citação: Rosa, José Maria Silva, «‘Muitos são os mundos’, dois ou três os amores: amor sui, amor mundi, amor Dei», In Cadernos ISTA, Instituto São Tomás de Aquino (Ordem dos Dominicanos), nº 18 (2005), Ano X, pp. 103-126.
Resumo: Agostinho (354 — 430) é um homem que se encontra na encruzilhada de muitos mundos. Por isso, a clareza da fórmula da maturidade de Agostinho (“Dois amores fizeram duas cidades”), opondo diametralmente dois amores e, portanto, dois princípios antagónicos de mundos possíveis, não pode dar conta da sua complexa evolução espiritual e intelectual e da sua deambulação por outros mundos possíveis, desde o aspirante a retor, o intelectual maniqueu, o filósofo cristão neoplatónico até, finalmente, o Bispo de Hipona, cristão e filósofo, sempre em meio de mil de controvérsias.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/6241
Aparece nas colecções:FAL - DCA | Documentos por Auto-Depósito

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2005 - Muitos são os mundos..., ISTA - Dominicanos, Lisboa, 103-126 (LusoSofia).pdf203,26 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.