Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.6/5395
Título: Ensaios não destrutivos em betão
Outros títulos: Non-destructive tests on concrete
Autor: Nepomuceno, Miguel Costa Santos
Palavras-chave: Ensaios não destrutivos
Ensaio de resistência à compressão
Ensaio de dureza superficial
Ensaio da velocidade de propagação de ultrassons
Ensaio de resistência à penetração
Ensaio da força de arranque
Ensaio de tração direta
Extração de carotes
Ensaio de carotes
Resistência equivalente em cubos
Non-destructive tests
Compressive strength
Surface hardness test
Ultrasonic pulse velocity test
Penetration resistance test
Pull-out test
Core extraction
Core tests
Equivalent cube compressive strength
Data: Jul-1999
Citação: Miguel Costa Santos Nepomuceno, Ensaios não destrutivos em betão, Provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica (P.A.P.C.C.), Universidade da Beira Interior (UBI), Covilhã, Portugal, Julho (1999).
Resumo: No presente trabalho são passados em revista os principais métodos de ensaio não destrutivos, destinados a avaliar as diferentes propriedades do betão “in situ” e são tecidas a este respeito algumas considerações de âmbito geral. Segue-se uma extensa revisão bibliográfica, retratando o atual estado do conhecimento de um conjunto de ensaios não destrutivos selecionados por terem uma vasta aplicação em betões da gama de resistência normal e/ou por serem fáceis de operar e relativamente económicos ao ponto de justificar a sua aplicação corrente. Os ensaios estudados no presente trabalho são os seguintes: o ensaio de dureza superficial, utilizando o esclerómetro de Schmidt Tipo N; o ensaio de medição da velocidade de propagação de ultrassons, utilizando o aparelho “Pundit”; o ensaio da resistência à penetração, utilizando a Pistola de Windsor e uma Máquina Alternativa de Ensaio (testada para este efeito pela primeira vez); o ensaio da força de arranque, utilizando o sistema “Capo-test” e, ainda, o ensaio da tensão de tração direta, utilizando o sistema “Bond-test”. À revisão bibliográfica segue-se a descrição de um programa de ensaios experimental, que inclui: a aplicação de todos os ensaios acima listados em 11 lajes com betões de resistências à compressão que variaram desde os 17 MPa até aos 82 MPa; o ensaio à compressão de cubos de 150 mm de aresta curados juntamente com as lajes; a estimativa da resistência equivalente em cubos obtida de carotes extraídas dessas lajes e, ainda, o ensaio à compressão aos 28 dias de cubos padrão sujeitos a cura normalizada. A variabilidade dos próprios ensaios é avaliada em pormenor; são apresentadas as correlações obtidas com a resistência à compressão; são avaliados e apresentados os limites de confiança de 95% para essas correlações; são discutidos os resultados obtidos, comparando-os com trabalhos similares observados na bibliografia consultada. Finalmente, são apresentadas as conclusões finais e sugeridos futuros trabalhos nesta área.
In the present research work, the main non-destructive test methods to evaluate the in-situ properties of hardened concrete are reviewed and some general considerations on those methods are presented. A state-of-the-art of a set of non-destructive test methods is also presented. The selection of the studied methods was based on its large application on normal strength concrete and/or its user friendly characteristics and low price to justify their current application. The studied methods are the following ones: the surface hardness test, using the Schmidt Hammer Type N; the ultrasonic pulse velocity measurement, using the “Pundit” apparatus; the penetration resistance test, using the Windsor Probe Test System and an Alternative Firing Apparatus (tested for the first time for this purpose); the pull-out test, using the Capo-test system and, finally, the pull-off test, using the Bond-test system. The bibliographic review is followed by a description of the experimental tests which includes: the application of all the test methods listed above on 11 different slabs of concrete with different compressive strengths ranging from 17 MPa to 82 MPa; the compressive strength of 150 mm cubes cured among the slabs; the evaluation of equivalent cube compressive strength, using cores extracted from the same slabs and, also, the compressive strength of standard cubes cured under standard condition and tested at 28 days for potential cube strength. The within-test variability (also called “repeatability”) is evaluated in detail, the obtained correlations with compressive strengths are presented, 95% confidence limits for such correlations are evaluated and reported, the obtained results are discussed and compared with similar research works observed on the bibliographic review. Finally, conclusions are presented and future research work on this subject is suggested.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.6/5395
Aparece nas colecções:FE - DECA | Documentos por Auto-Depósito

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Nepomuceno, M.-Ensaios não destrutivos em betão, PAPCC, UBI, 1999.pdf9,49 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.